Card image
Testes
Vídeo: aceleramos a BMW F 800 R

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 19/02/2010
  • Por: admin

<p>A lógica se impõe! Todos nós sabemos que o mercado das motos naked vem crescendo a passos largos no mundo todo, mas não vou repetir esse fato novamente. As fabricantes sabem disso e basta dar uma olhada no catálogo de qualquer marca para comprovar que existe, pelo menos, uma versão descarenada à venda. Hoje, mesmo no Brasil, chegamos a uma situação na qual o cliente pode optar por modelos com caráter esportivo de 4 cilindros ou, em um degrau abaixo em desempenho e preço, escolher as versões menos potentes das 4 cilindros.<br />
<br />
Ainda, como terceira opção, podemos pensar nas bicilíndricas. Essas são divididas nas elitistas e caras motocicletas — normalmente europeias — e as japonesas que, sem dúvida, foram as que mais ganharam penetração no mercado após o lançamento de novos modelos. Só no Brasil, acabaram de chegar a Ducati Monster 696, a Kawasaki ER-6N e a<br />
BMW F 800 R. Em cima deste último grupo de 2 cilindros está acontecendo um crescimento exponencial de vendas que está chamando a atenção, principalmente no mercado do Velho Continente. (Confira o teste completo na edição de fevereiro da MOTOCICLISMO, nº 146, já nas bancas!).</p>

<p><strong>Assista abaixo o teaser da matéria:</strong></p>
<embed allowfullscreen="true" allowscriptaccess="always" height="340" src="http://www.youtube.com/v/uulVSObbE-M&amp;hl=pt_BR&amp;fs=1&amp;" type="application/x-shockwave-flash" width="560"></embed>

Conteúdo Recomendado

Comentários