Card image
Testes
Triumph Tiger 800 XCa, pronta para grandes viagens

6 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/06/2016
  • Por: admin

<p>Avaliamos a apaixonante <strong>Triumph Tiger 800 XCa</strong>, uma XCx com ainda mais acessórios originais de fábrica. A XCx parece já ter de tudo, pois vem com protetores de mãos, cavalete central, protetores de motor, para-brisa maior e suspensões WP reguláveis, mas, para os mais exigentes, há outros equipamentos que podem deixar sua aventura ainda mais segura e mais confortável.</p>

<p><img alt="Triumph Tiger 800 XCa " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_15_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A versão XCa foi apresentada no Brasil no último Salão Duas Rodas (outubro de 2015) e sai de fábrica com aquecedores de manoplas e de assentos, faróis de milha de LED, pedaleiras largas e suporte para GPS.</p>

<p>O charme dessa moto, além do visual robusto, meio dakariano, são os acessórios, instalados sem adaptações. Chama a atenção a qualidade dos novos botões e como eles são fáceis de ser utilizados. Um para ligar o aquecimento do banco do piloto, outro para o assento do passageiro e outro para os faróis de milha. São botões iluminados (ótimo recurso para viagens noturnas sem iluminação da via), à prova de água e bem ergonômicos.</p>

<p><img alt="Os punhos da Tiger 800 XCa são recheados de botões" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_9_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A unidade avaliada estava com top case e malas laterais, tudo em alumínio negro. Contudo, <strong>essas malas são vendidas separadamente</strong> e acrescentam R$ 10 665 ao valor da moto. </p>

<p>Percorremos um trecho de areia de praia e curtimos passagens por alguns riachos. Nessa condição, é muito bom contar com uma moto com excelentes suspensões, roda raiada com aro de 21 polegadas na dianteira e mapas diferentes de injeção eletrônica.</p>

<p><img alt="Como o motor é negro e as rodas também, equipá-la com malas também negras tem tudo a ver. Robustez e visual maravilhoso!" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_12_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A XCa, assim como a XCx, conta com um eficiente mapa off-road. <span style="line-height: 1.6em;">Nele, é possível destracionar um pouco a roda traseira e ainda contar com o sistema ABS somente na roda dianteira. <strong>Para os pilotos mais experientes, há a possibilidade de escolher o mapa Rider, e assim desligar qualquer ajuda eletrônica.</strong> Definitivamente não falta nada à Tiger 800 XCa, uma maxitrail que até põe em dúvida se vale a pena se adquirir a Tiger 1200 Explorer.</span></p>

<p>Ok, tudo bem que ela não tem transmissão final por cardã nem conta com mais de 130 cv de potência. Mas <strong>são 95 cv sempre disponíveis e ela viaja junto e, às vezes, até melhor que a 1200</strong>, principalmente se sua intenção for enfrentar muitos quilômetros em terra – onde por ser mais leve, exige menos esforço físico do piloto.</p>

<p><img alt="O motor é o mesmo para todas as Tiger 800, mas na XCx e na XCa temos muito mais recursos de mapas de injeção" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_14_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Ela obteve média de 22 km/l na viagem-teste. Pode fazer 25 km/l em sexta a 100 km/h ou 18,0 km/l para subir a serra com certa emoção, porém, o mais importante são os 19 litros de capacidade do tanque de combustível. Vai longe!</p>

<p>Na verdade, a XCa é um conjunto excelente, uma moto que, apesar de muitos acessórios, <strong>oferece uma pilotagem bem neutra e equilibrada.</strong> A saúde do motor tricilíndrico DOHC é incrível em qualquer rotação.</p>

<p>A eletrônica é refinada e a sexta marcha é longa o suficiente para ultrapassar os 210 km/h. O sistema de freio também é mais do que suficiente. Com dois bem dimensionados discos na dianteira e um grande disco na traseira, mais flexíveis revestidos com malha de aço, não falta poder de frenagem na XCa.</p>

<p>Mas nada disso seria tão bom se as suspensões fossem ruins e, nesse quesito, a XCa é o máximo. Lombadas, depressões e pequenos buracos quase não existem para ela e, <strong>se a intenção for fazer curvas rápidas no asfalto, ela oferece ótima estabilidade também.</strong></p>

<p><img alt="Com roda aro 21” na dianteira e suspensões de primeira linha, ela está pronta para a aventuraCom roda aro 21” na dianteira e suspensões de primeira linha, ela está pronta para a aventura" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_11_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A regulagem da pré-carga da suspensão dianteira está somente na bengala do lado direito e não requer ferramentas, já o amortecedor traseiro, com reservatório de gás separado, requer uma chave, que está no kit de ferramentas embaixo do banco, para regular a compressão e o retorno. São 220 mm de curso na frente e 215 mm na traseira. <span style="line-height: 1.6em;">Os pneus Bridgestone Battlewing, radiais, estão muito bem casados com a proposta, não roncam em alta velocidade e são suficientemente bons para uma estrada de terra seca.</span></p>

<p>No período do teste, não foi necessário usar o aquecedor de manoplas nem os aquecedores dos bancos, mas os ligamos para ver a eficiência de seu funcionamento. Os novos botões contam com uma luz amarela para indicar baixa temperatura e luz vermelha para alta temperatura. O botão dos faróis de milha fica com um anel verde para indicar que eles estão ligados.</p>

<p><img alt="Os faróis auxiliares de LED são itens de série na XCa" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_10_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Esses faróis, especialmente durante a noite, iluminam barbaridade, mas recomendamos utilizá-los também durante o dia. Cuidado quando for retirar o banco do garupa, para acessar o kit de ferramentas, pois há um fio interligando a moto às resistências internas. Outro ponto que nos chamou a atenção foi a quantidade de informações do painel.</p>

<p>Ele traz dezenas de informações que requerem certo tempo para se acostumar com os botões, mas, depois que nos adaptamos, podemos escolher recursos do computador de bordo, como consumo instantâneo, tempo de viagem, temperatura ambiente, autonomia, além de podermos escolher mapas de injeção e de aceleração, habilitar ou desabilitar o ABS e o controle de tração.</p>

<p>Há pequenos desenhos no display digital, que indicam se estamos utilizando o modo Road, o modo Off-Road ou o modo Rider, e para cada um deles ainda podemos escolher Sport, Normal ou Rain para a resposta do acelerador. Ufa!</p>

<p>Definitivamente é uma moto com muitos recursos, e com certeza você encontrará uma maneira de pilotá-la que mais lhe agrade. A posição de pilotagem, que já era confortável na XCx, foi ainda aprimorada com as largas e belas pedaleiras usinadas. De brinde, esta versão conta com três tomadas 12 volts.</p>

<p><img alt="Com a Tiger 800 XCa, fica mais prazeroso percorrer grandes distâncias" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_5_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>De fato todos esses equipamentos a mais são preciosos e encarecem a motocicleta. Por R$ 51 500 a XCa custa somente R$ 5 000 a mais que a XCx. Se você fosse comprar e principalmente instalar todos esses acessórios, iria gastar muito mais que isso. Na verdade é mais uma opção entre as cinco possíveis de Tiger 800.</p>

<p>Tem Tiger para todos as propostas de utilização e todos os bolsos também. Se você quer uma básica para o dia a dia, escolha a XR que custa honestos R$ 37 990, mas se você quiser sair da loja e ir acompanhado direto para o deserto do Atacama e não quer perder tempo para instalar um monte de acessórios, escolha a XCa. Considere também que por R$ 55 990 você pode comprar uma Tiger Explorer 1200, mas ela não vem com resistentes rodas raiadas e é muito mais pesada para encarar a terra.</p>

<p><img alt="Forrados com novo material impermeável e espuma de gel, também podem ser aquecidos. Cuidado com o fio quando for tirar o do garupa" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_800_xca_motociclismo_moto_2016_13_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>CONCLUSÃO</strong><br />
<span style="line-height: 1.6em;">A Tiger 800 XCa tem tudo que você precisa para ir até o deserto do Atacama ou Ushuaia com muito conforto e segurança. Seus acessórios não são maquiagem, são extremamente úteis para esse tipo de aventura. Evidentemente se você pretende percorrer somente 100 km, aos domingos, não é necessário uma XCa. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Quanto à dirigibilidade, me impressionou o fato de ela estar superequipada e ao mesmo tempo ser muito equilibrada, muito fácil e precisa para entrar e percorrer curvas. Freios, câmbio, posição de pilotagem e motor estão à prova de críticas. Você não precisa de uma 1200!</span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários