Card image
Testes
Testamos a instigante Ducati Monster 1200S

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/09/2015
  • Por: admin

<p>Já havíamos publicado nossas primeiras impressões da nova Ducati Monster 1200, quando fomos para o lançamento mundial na Europa. Depois de mais de um ano, ela, enfim, chegou às concessionárias da marca no Brasil, e junto com ela, um pequeno problema. O preço muito além do esperado.</p>

<p><img alt="Atraente e impetuosa, assim é a Mosnter 1200S" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-1_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Como está sendo importada, da Itália, não foi possível para a Ducati Brasil fazer milagre. Entendemos, mas temos o direito de não gostar, afinal de contas, por <strong>R$ 73 900 (em junho/2016)</strong> a versão S ficou mais cara que a Multistrada e a Diavel, fato que não acontece em outros países. </span></p>

<p>A versão S vem com suspensões Öhlins, pinças de freio Brembo M50 na dianteira, para-lama dianteiro de carbono e 10 cv a mais que a versão standard. A versão standard custa <strong>R$ 64 900 (em junho/2016)</strong>, é um pouco mais mansa, está equipada com suspensões Kayaba, tem um pouco menos de torque e 135 cv.</p>

<p><img alt="O bicilindrico em &quot;L&quot; desenvolve 145 cv potência" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-4_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Porém, ambas contam um completo pacote eletrônico, que traz três mapas diferentes de injeção – Sport, Touring ou Urban – controle de tração de oito níveis, ABS Bosch 9MP com três níveis, e, obviamente, tudo podendo ser desabilitado. Mudou tudo em relação à antiga Monster 1100.</p>

<p>Quadro, balança da suspensão traseira, motor, design, ergonomia, tudo é novo. Ela mantém a filosofia minimalista no design, e consequentemente o resultado está na balança (pesa somente 182 kg a seco). Assim como a Panigale 1199, a nova Monster 1200 exige que seja montada partindo do motor e não do quadro.</p>

<p>O ínfimo quadro está fixado apenas nas extremidades dos dois cabeçotes, porém, neste caso, não se trata de um monocoque de alumínio, e sim de uma pequenina treliça, de espessos tubos de aço. Este motor é da família do da Multistrada e da Diavel.</p>

<p><img alt="Da ponteira dupla, emana um som grave e empolgante" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-6_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Mas como tem um tempinho a mais de evolução, está mais refi nado. Batizado de Testastretta 11° DS (DS signifi ca Dual Spark) já está em sua segunda geração. Além das duas velas por cilindro, está repleto <span style="line-height: 1.6em;">de eletrônica e novos sistemas, que reduzem o consumo e a poluição, o resultado prático é menos ruído, </span><span style="line-height: 1.6em;">mais economia e potência exata e imediata despejada ao solo.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Logicamente que muito bem assistida pelo sistema de alimentação japonês (Mikuni), é uma moto muito mais fácil de pilotar. Com embreagem banhada em óleo e acionamento hidráulico, somados a um câmbio também evoluído, as trocas de marchas ficaram mais suaves, tanto em relação à antiga Monster 1100, mas também quanto à Diavel. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Para trafegar na cidade em baixa velocidade, basta selecionar o mapa Urban, e a moto fica bem mansinha, menos potente e menos arisca, sem oferecer solavancos no sistema de transmissão final.</span></p>

<p><img alt="Visual arrojado e componentes de primeira. Marcas da versão &quot;S&quot;" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-3_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /><span style="line-height: 1.6em;">Pilotar no Modo Sport, no trânsito, requer atenção redobrada da mão direita, pois o acelerador desprovido de cabos é bem sensível, e pode fazer você acelerar involuntariamente quando impacta com algo no solo. Para cada mapa pré selecionado podemos ainda escolher três regimes do motor (High, Medium e Low), ou seja, sempre há uma maneira de conduzir, que mais lhe agrada. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">A posição de pilotagem também mudou para melhor. Agora, a Monster 1200 não oferece mais aquela sensação das antigas Monster, que parecia que estávamos em uma moto superesportiva sem carenagem. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">O guidão está mais alto e mais próximo do piloto, e o tanque também está mais gordo na parte de cima e ligeiramente mais magro entre as pernas.</span></p>

<p><img alt="Na Monster S, as suspensões são de grife, da marca Ohlins" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-7_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Pilotar uma Ducati Monster como essa, apesar de a fábrica ter feito muito para facilitar a vida do piloto, <span style="line-height: 1.6em;">ainda é uma tarefa para quem sabe muito bem o que é uma moto leve, que tem mais de 140 cv. Na verdade, é o incrível torque de 12,7 kgf.m a míseros 7 250 rpm (na versão S) que mais impressiona.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">É muito torque disponível em baixas rotações para uma moto tão leve. Empinar em primeira marcha é </span><span style="line-height: 1.6em;">“mamão com açucar” e isso acontece inúmeras vezes involuntariamente. Marcou 3,2 segundos de 0 a </span><span style="line-height: 1.6em;">100 km/h e passou sem esforço dos 250 km/h. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Ela conta com pedaleiras para o acompanhante, mas se você deseja levar alguém ali, recomendamos passar para o mapa Urban e deixar o regime do motor no Low, assim a elevação de giro fica mais lenta e os níveis de ABS e controle de tração ficam mais atuantes. As qualidades de uma Monster 1200 são mais bem apreciadas quando estamos sozinhos.</span></p>

<p><img alt="O &quot;calcanhar de Aquiles&quot; da Monster está em seu preço… R$ 74.000,00" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-2_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Aliás, com as suspensões Öhlins que possui e com o poderoso sistema Brembo dos freios, um dia no circuito será muito divertido, pois o equilíbrio, a leveza e a “ignorância” dos freios fazem dela uma máquina muito bem acertada no circuito. Ponto negativo para o ruído do motor em macha lenta, que melhorou muito, mas ainda não é dos mais aceitáveis pela maioria dos seus vizinhos.</p>

<p>Para quem procura esportividade, o som do escape é empolgante. O belo painel tem muitas informações, mas não traz indicador de marchas nem marcador de gasolina, mas em contrapartida oferece um completo computador de bordo e várias luzes de advertência, por exemplo, a de troca de óleo correspondente a quilometragem e outras como ABS desligado, e descanso lateral abaixado.</p>

<p><img alt="Painel completíssimo e bonito, com tela em TFT, a mesma tecnologia empregada nos mais modernos smartphones" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mosnter-8_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Sim, falta um pouco de proteção aerodinâmica para uma moto tão forte, mas uma bolha para-brisa acabaria com o estilo. Você quis uma naked, certo? Na verdade, ela não é para viajar, é uma legítima street-fighter e originalmente maravilhosa. Apenas o preço de <strong>R$ 73.900,00</strong> desapontou. Comparado com o valor de outras naked, principalmente japonesas, não veremos muitas delas nas ruas.</p>

<p><img alt=" " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/conclusao4_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p> </p>

<p><img alt=" " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dina7_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p> </p>

<p><img alt=" " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/ficha8_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p> </p>

<p><img alt=" " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/medicoes_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários