Card image
Testes
Testamos a BMW Xchalenge na terra

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/08/2008
  • Por: admin

<p>Com visual arrojado e formas atípicas, a Xchallenge é extremamente bonita e alta, notamos, mesmo antes de andar que uma das nossas dificuldade seria  com a sua elevada altura. Com 950 mm do solo, ela é realmente alta, ainda mais se tratando de um piloto de 1,70 m como foi o nosso caso. Outras características importantes do modelo — e que se destacam das suas prin­cipais concorrentes — são: a suspensão traseira pneumática, o tanque posi­cio­nado no centro da motocicleta e o freio ABS, opcional que só está disponível no modelo top de linha.</p>

<p>O que pudemos constatar é que a al­tu­ra é realmente um empecilho, até mesmo a relação banco/pedaleira é maior que a maioria das motos, porém, após alguns minutos, o piloto se acos­tuma e a adaptação se torna natural. Na terra, a moto se comporta muito bem em termos gerais e o conjunto freio/sus­pensão é na medida, sempre lem­brando que este modelo foi con­ce­bido para andar em todos os terrenos.</p>

<p>Con­fesso que nunca tinha expe­ri­men­tado uma moto com a suspensão traseira pneumática, ainda mais na terra. E para minha grata sur­presa, o comportamento é extremamente eficiente e confortável. A dianteira com curso de 270 mm é outro ponto a favor, pois com este grande curso ela supera obstáculos com muita tranqüilidade sem passar para o piloto as im­perfeições do terreno.</p>

<p>Já os freios da marca italiana Brembo são macios para acionar e tem uma boa eficiência. Entretanto, por se tratar de freios Brembo e ainda com flexíveis aeroquip, esperava-se um pouco mais de agressividade, até mesmo pelas medidas dos discos e composição dos componentes do conjunto.</p>

<p>O ABS na terra não é recomendável, portanto, andamos quase que 100% do teste com ele desligado. O dianteiro com dis­co de 300 mm e pinças de 2 pistões é em formato “Wave” e funciona  bem. No caso do traseiro, o diâmetro é de 240 mm — e o disco fica localizado do lado es­querdo da moto, assim como o escape, outra curiosidade deste modelo. Mas como o dianteiro cumpre a sua função.</p>

<p>O motor com 652 cm³, despeja na ro­da 53 cv que deixam a Xchallenge com um torque muito forte desde a 1ª mar­cha até a 5ª, sem perder rendimento em nenhum momento. Com 144 kg, o pro­pulsor dá conta do recado tran­qüi­lamente e o motor esbanja disposição.  A ciclística da moto era outro ponto que tinha nos despertado grande interesse. Já que o tanque de 13 litros fica localizado no centro da moto, com isso abaixa o centro de gravidade e colabora na condução. Po­rém, mesmo assim, sente-se o peso um pouco maior que o habitual em relação as motos de enduro, principalmente nas entradas de cur­vas.</p>

<p>Os pneus utilizados não foram os originais — que são da marca Metzeler modelo Enduo 3. Em vez deles, foram usados pneus de cra­vos próprios para terra que garantiram ótima aderência. Por fim, o acabamento. Sempre exem­plo nesse quesito, a marca alemã, mais uma vez, mostrou por que é sinônimo de qualidade. Com painel completo, fun­­cional e esteticamente muito bo­nito, além de componentes de extrema qua­lidade, a motocicleta passa muita cre­di­bilidade.</p>

<p>O modelo ainda não é muito conhecido no mercado nacional, mas esta moto, com certeza, tem vocações endureiras sem deixar de lado a preocupação com o desempenho on-road. Pa­ra via­jar, não é a melhor opção, porém, pa­ra quem precisa de uma motocicleta versátil, a BMW oferece a Xchallen­ge por R$ 32 900 tornando-a uma boa opção para quem quer um modelo de uso misto. Vale lembrar que se trata de uma moto BMW. </p>

<p><strong>Ficha técnica</strong></p>

<p><strong>Motor:</strong> monocilíndrico, 4T, DOHC,<br />
<strong>Taxa de compressão:</strong> 11,5:1<br />
<strong>Refrigeração:</strong> líquida<br />
<strong>Diâmetro:</strong> 100 mm x 83 mm<br />
<strong>Cilindrada total:</strong> 652 cm³<br />
<strong>Alimentação:</strong> injeção eletrônica, BMS-C II<br />
<strong>Potência máxima:</strong> 53 cv a 7 000 rpm<br />
<strong>Ignição:</strong> elétrica<br />
<strong>Embreagem:</strong> discos banhados em óleo<br />
<strong>Câmbio:</strong> 5 marchas<br />
<strong>Transmissão primária:</strong> manual<br />
<strong>Transmissão secundária:</strong> corrente<br />
<strong>Chassi:</strong> tubular de aço<br />
<strong>Suspensão dianteira:</strong> telescópica invertida de 270 mm<br />
<strong>Suspensão traseira:</strong> monoamortecedor a ar de 270 mm<br />
<strong>Regulagens:</strong> pré-carga, mola e compressão<br />
<strong>Freios dianteiro/traseiro:</strong> disco / disco<br />
<strong>Freio dianteiro:</strong> 300 mm / 2 pistões<br />
<strong>Freio traseiro:</strong> 240 mm / 1 pistão<br />
<strong>Rodas dianteira / traseira:</strong> 21” / 18” de alumínio<br />
<strong>Pneus:</strong> 90 / 90 dianteiro – 140/80 traseiro<br />
<strong>Distância entreeixos:</strong> 1 500 mm<br />
<strong>Altura do banco:</strong> 950 mm<br />
<strong>Distância do solo:</strong> n/d<br />
<strong>Capacidade de tanque:</strong> 13 litros<br />
<strong>Peso declarado:</strong> 144 kg<br />
<strong>Potência na roda:</strong> 40,9 cv a 6 750 rpm<br />
<strong>Torque na roda:</strong> 5,12 kgfm a 5 300 rpm<br />
<strong>Potência específica:</strong> 81,2 cv / litro<br />
 </p>