Card image
Testes
Super Soco TSX é uma elétrica legal para aprender e curtir

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/05/2021
  • Por: Ismael Baubeta

A Super Soco é uma das marcas pertencente à VMoto, empresa sediada na Austrália que produz suas motos elétricas em Nanjin, na China e é distribuída mundo afora por parceiros comerciais. Aqui no Brasil quem distribui a marca Super Soco é a Energie Mobi, sediada em São Paulo.

A TSX é a moto de entrada da marca e tem preço sugerido de R$ 20.900, mas este mês a Energie Mobi está promovendo o modelo com desconto de 15% (R$ 17.790) para o Estado de São Paulo.

SUPER SOCO TSX
Design da Super Soco TSX chama a atenção (Renato Durães)

Veja também:
Japonesas estabelecem acordo por baterias de moto
E-Pilen aproxima Husqvarna do segmento das elétricas
Honda pretende lançar três motos elétricas até 2024

Como é a TSX

O design da TSX é bastante atraente, na frente da moto o farol lembra o da KTM 390 Duke, só que em vez de ser dividido como na moto austríaca, são as luzes de posição separadas que causam a mesma impressão.

As carenagens têm função puramente decorativa, para tampar e proteger o habitáculo da bateria e compor um design bastante moderno, combinando com o chassi tubular e dando mais volume à parte de baixo da moto. A combinação das cores preta, branca e laranja também lembram a KTM.

  • SUPER SOCO TSX
  • SUPER SOCO TSX

Na frente a TSX conta com bengalas invertidas e atrás com monoamortecedor, o sistema de freio é do tipo combinado com acionamento como nos scooter, no manete esquerdo aciona-se o de trás, que transfere parte de sua força para o disco dianteiro.

Compacta

Você percebe o pequeno volume da TSX quando fica a seu lado, ela é baixa e estreita, não exige malabarismo para acessar o banco e o guidão está a uma boa distância do corpo, ele também não é muito largo. Já as pedaleiras são bastante recuadas e seu formato não favorece a aderência dos pés, pois são de formato redondo e têm só três pequenos anéis de borracha com a função antiderrapante.

  • SUPER SOCO TSX
  • SUPER SOCO TSX

Dinâmica e respostas

A TSX tem o motor elétrico de 1.500 watts instalado na roda e para colocá-la em funcionamento não é preciso chave, o chaveiro desbloqueia o sistema da moto e basta apertar o botão Power, logo a frente do que seria o tanque da moto, para ligá-la. O painel acende e o som que ela emite avisando que está pronta para ser acelerada é parecido àquele de inicialização do antigo Windows, é divertido.

  • SUPER SOCO TSX
  • SUPER SOCO TSX

No punho direito você pode escolher entre as três possibilidades de aceleração do motor, a 1, mais suave e econômica, a de número 2, intermediária e a 3, de força total. Estes modos estão diretamente ligados à autonomia da TSX o que segundo a Energie Mobi, pode chegar a 100 quilômetros em tocada econômica.

O motor de 1.500 watts tem suas limitações de desempenho, apesar de acelerar relativamente rápido, com meus quase 80 quilos sobre a TSX, a velocidade máxima que consegui foi 56 km/h.

  • SUPER SOCO TSX
  • SUPER SOCO TSX

Diferente das motos com motor a combustão, quando você se depara com uma descida e automaticamente espera ganhar embalo, a moto mantém sua velocidade, percebi também que quanto mais tempo você mantém o acelerador no máximo parece que ela entende que pode ir mais rápido e desenvolve mais velocidade.

Ela fica pequena para vias expressas, mesmo que a velocidade por elas seja de 50 km/h, isso porque a moto sofre nas subidas e perde velocidade, o que poe ser perigoso. Por outro lado ela bem divertida para trajetos curtos e, porque  não, para aprender a andar de moto, basta um bom instrutor para se aventurar, afinal ela é bem fácil de ser pilotada, os iniciantes vão gostar de andar na TSX.

  • SUPER SOCO TSX
  • SUPER SOCO TSX

Suspensão e freio

A TSX tem rodas de aro 17 polegadas de diâmetro, na frente o pneu tem medidas 90/80-17 e atrás 110/70-17. As suspensões são um pouco rígidas fazendo notar no corpo as imperfeições do asfalto e o banco, com camada de espuma pouco generosa, acentua a sensação.

Os freios têm pegada e garantem boas frenagens e o sistema combinado também funciona corretamente, mas poderia ser um pouquinho melhor balanceado, já que ao acionar o freio traseiro ele transfere um pouco a mais da força de frenagem para a roda dianteira do que seria ideal.

Sem dúvida a Super Soco TSX tem estilo e bom funcionamento, mas ela é melhor para deslocamentos curtos, como a maioria das elétricas em que andamos com motorização semelhante.

Conteúdo Recomendado

Comentários