Card image
Testes
Kawasaki Z300: baixa cilindrada, grande diversão

6 Minutos de leitura

  • Publicado: 14/07/2015
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">Inicialmente, a Kawasaki Brasil afirmou que não teríamos por aqui a Z300, moto apresentada mundialmente em novembro de 2014, em Milão. Mas, em 2015 ela chegou com um conjunto ‘premium’ para acelerar as vendas da marca e com a responsabilidade de trazer novos fãs para a marca verde. Aqui você confere nossa avaliação.</span></p>

<p><img alt="Kawasaki Z300" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_lado_direito_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Ela é equipada com um motor bicilíndrico em linha, de 296 cm³ com potência máxima declarada de 39 cv. O quadro é formado por uma estrutura tubular de aço, sem berço, com o motor fazendo parte da estrutura, recurso que reduz o peço e também abaixa o centro de gravidade da moto, tornando-a mais estável.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">A maior diferença para a Ninja 300 é a ausência de carenagem e o guidão de peça única, fixado em cima de mesa. A irmã esportiva usa semiguidões fixos nas extremidades das bengalas. Quanto ao design, ela é resumidamente uma mini-Z800. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Manteve-se na Z300 o escalonamento do câmbio e os números de potência e torque da Ninja 300. Também são iguais os componentes de freio e suspensões. Evidentemente que, por não contar com a carenagem, ela é cerca de 4 kg mais leve. </span></p>

<p><img alt="Com desempenho superior as concorrentes de 250/300 cm³, a Z300 tem ótima ciclística" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_movimento_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>NOVOS TEMPOS</strong><br />
Ao menos na Europa, essa motocicleta se enquadra em uma categoria de licença para iniciantes, a famosa carteira A2. Isso permite que um piloto chegue, um dia, às motos mais potentes, muito mais preparado, já que a Z300 se comporta como uma excelente motoescola antes das potentes tetracilíndricas, como a Z800 e a Z1000.</p>

<p>Na verdade, ela nasceu exatamente para este propósito, pois trata-se de uma moto simples no que diz respeito a equipamentos, porém bem requintada no quesito acabamentos. E além de ser bela, ainda oferece uma ergonomia invejavelmente confortável.</p>

<p>Ela “veste” com maestria pilotos baixos ou altos, apesar de ser uma moto de contidas dimensões. Ela pesa somente 170 kg em ordem de marcha na versão com ABS, o que é excelente para uma moto que tem um tanque de gasolina de 17 litros. Supera os 400 km de autonomia com facilidade.</p>

<p><img alt="Como esperado a Z300 é mais acessível que a irmã carenada, Ninja 300" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/z300texto_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>O preço no Brasil assustou alguns. São R$ 17 990 (2015) na Z300 sem ABS e R$ 2 000 de acréscimo pela versão com freio antiblocante, que custa R$ 19 990 (2015). A diferença para a Ninja 300 é de menos R$ 1 000 na versão sem ABS (R$ 18 990) e de menos R$ 2 000 na versão com ABS (R$ 19 990). Mesmo na Europa, a Z300 ela não é muito barata, custa somente 100 euros a menos que a Ninja 300.  </p>

<p><strong>Atualização! </strong>O modelo 2016 da Z 300 já está disponível por <strong>R$ 18 990</strong> e com ABS por <strong>R$ 20 890</strong>. <strong>Um acréscimo de R$ 1 000 em cada versão (culpa da alta do dólar?)</strong>. Como a Ninja 300 ainda não tem modelo 2016, mantemos a comparação de preço acima, pois acreditamos que a diferença de preço será mantida.</p>

<p><img alt="O painel é rico em informações, se diferencia da Ninja 300 pelo fundo branco no conta-giros" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_painel_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><b>POLIVALENTE</b><br />
Apesar de não ser tão acessível quanto as opções monocilíndricas de Honda e Yamaha, o equilíbrio da aquisição pode ser justificado pelo comportamento dinâmico e o funcionamento geral. Magra entre as pernas e com assento baixo, ela se mostra uma companheira e tanto para o dia a dia.</p>

<p>O guidão acima da mesa não é dos mais altos — ainda ficamos um pouco com as costas curvadas —, mas nada desconfortável, e, de certo modo, permite melhor apoio da roda dianteira. As pedaleiras poderiam estar posicionadas mais baixas, pois estão mais altas se comparadas com as concorrentes de 250 cm³ e 300 cm³ disponíveis no mercado, mas em contrapartida são bem mais difíceis de raspar no solo. </p>

<p><img alt="O escapamento e os (bons) freios, são idênticos a &quot;irmã&quot; esportiva" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_escapamento_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>É uma moto fácil, sem sombra de dúvidas, pois é ágil e capaz de ser manobrada em pequenos espaços e em baixa velocidade, graças a um ângulo de esterço generoso. Os comandos também são exemplares. Não requer força para nada.<span style="line-height: 1.6em;">A embreagem é suave e o pedal de câmbio tem engates macios e precisos.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Apesar dos equipamentos simples, a Z300 é uma moto moderna, rápida nas reações e com um comportamento mais que agradável nas curvas, mas sempre lembrando que seu habitat preferido são as zonas urbanas. De toda forma, seu compacto bicilíndrico surpreende pelo rendimento e nos permite circular por qualquer tipo de estrada sem problemas de falta de potência.</span></p>

<p><img alt="O poderoso bicilíndrico rende 39 cv de potência e está parcialmente escondido por carenagens" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_motor_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A velocidade máxima está próxima dos 170 km/h. De 3 000 rpm a 12 000 rpm há uma extensa faixa útil de utilização, mas estão entre os 8 000 rpm e os 10 000 rpm as respostas mais imediatas.</p>

<p>Na verdade, é muito divertido esticar as marchas com a Z300 e usar toda a facilidade do ótimo escalonamento do câmbio. Até mesmo em reduções ela é divertida, pois a moto também conta com o mesmo sistema antiblocante da embreagem que vem na Ninja 300. </p>

<p><img alt="O farol e o guidão mais alto são as principais diferenças da Z300 para Ninja 300" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_farol_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>O novo modelo da Kawasaki chegou às concessionárias autorizadas da marca em julho de 2015 e acirra a briga no segmento, tendo como rival mais próxima em especificação técnica e desempenho, a Honda CB 500F, mas deverá "roubar" alguns consumidores da Honda CB Twister e da Yamaha Fazer 250, principalmente pelo seu desempenho superior.</p>

<p><img alt="Sem a proteção aerodinâmica da Ninja 300, a Z300 acaba sendo menos confortável na estrada e mais adequada ao uso na cidade" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_lateral_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A Z300 está disponível nas cores verde, cinza e laranja e na versão com freios ABS, apenas na cor verde. Os preços divulgados pela Kawasaki não incluem os custos de frete e seguro, que variam da localidade da concessionária. A dica é checar o preço exato na concessionária mais próxima de você e claro, fazer um test-ride.</p>

<p><img alt="O assento da Z300 é igual ao da Ninja 300; continua menos confortável para o passageiro, que conta com alças &quot;embutidas&quot; na carenagem" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/kawasaki_z300_motociclismo_teste_assento_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">O programa de manutenção da Z300 tem revisões a cada 3 000 km. A primeira e a segunda custam R$ 219 cada. Aproveitamos e cotamos o preço de algumas peças da moto.<br />
Seta dianteira (cada): R$ 180,16</span><br />
<span style="line-height: 1.6em;">Retrovisor (cada): R$ 256,96</span><br />
<span style="line-height: 1.6em;">Pastilha de freio dianteira: R$ 167,11</span><br />
<span style="line-height: 1.6em;">Pastilha de freio traseira: R$ 166,91</span><br />
<span style="line-height: 1.6em;">Vela de ignição (cada): R$ 43,80</span><br />
<span style="line-height: 1.6em;">Farol: R$ 1.951,44<br />
Guidão: R$ 356,44<br />
Kit transmissão<br />
Pinhão: R$ 175,98<br />
Coroa: R$ 254,55<br />
Corrente: R$ 519,15</span></p>

<p><img alt="Em vermelho, a curva de potência, com pico de 37 cv, em azul, a curva de torque, com 2,4 kgf.m a 8 210 rpm " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_kawasaki_z300_dinamometro_potencia_maxima_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>Medições</strong><br />
Potência máxima na roda: 37 cv a 11 000 rpm<br />
Torque máximo na roda: 2,4 kgf.m a 8 210 rpm<br />
Potência específica: 125 cv/l<br />
Relação peso-potência: 4,59 kg/cv<br />
Relação peso-torque: 70,8 kg/kgf.m<br />
Consumo médio: 21 km/l<br />
Autonomia média: 357 km (tanque de 17 litros)</p>

<p><strong>Conclusão</strong><br />
<span style="line-height: 1.6em;">A Kawasaki Brasil não podia ficar fora dessa categoria com um produto tão bonito e eficaz. Quando vimos pela primeira vez as fotos da Z250, ligamos imediatamente para a área comercial da marca, peguntando quando ela chegaria por aqui. Curio­­­samente, responderam taxativamente que jamais.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Porém, agora, com a Z300, não perderam tempo e ela chega por aqui quase simultaneamente a outros mercados. Ela não é muito mais barata que a Ninja 300, o que pode complicar frente às rivais, mas é um produto mais adequado ao uso diário que a Ninja. Fará sucesso!</span></p>

<p><strong>Veja também!</strong></p>

<p><a href="http://www.motorpress.com.br/moto/noticias/testes-testes/kawasaki-ninja-h2-e-h2r-motos-de-outro-planeta"><span style="color:#FF0000;"><strong>Conheça as Kawasaki Ninja H2 e H2R; motos de outro planeta</strong></span></a></p>

<p><strong><a href="http://www.motorpress.com.br/moto/testes/testes-testes/saiba-o-que-muda-na-linha-2016-da-kawasaki-kx"><span style="color:#FF0000;">Saiba o que muda na linha 2016 da Kawasaki KX</span></a></strong></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários