Card image
Testes
Horizon 150 é a mini custom da Dafra; veja análise

6 Minutos de leitura

  • Publicado: 19/08/2016
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">Seguindo essa tendência de criar famílias de motos</span><span style="line-height: 1.6em;"> com nomes de modelos conhecidos </span><span style="line-height: 1.6em;">para consolidar novos produtos (vide o que a Honda fez com a XRE 190), a <strong>Dafra</strong> nomeou a sucessora da Kansas 150 como <strong>Horizon 150</strong>, mesmo nome da já conhecida custom bicilíndrica de 250 cm³ da marca, a Horizon 250 (R$ 17.490), que ficou sem concorrência direta no mercado,<strong> após a extinção da Kasinski</strong>, que tinha a interessante Mirage 250.</span></p>

<p><img alt="Substituição no time da Dafra Motos! Sai a Kansas 150, entra a charmosa Horizon 150" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_1_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Com preço sugerido de <strong>R$ 8.590</strong>, a Horizon 150 tem apenas uma concorrente direta no Brasil, a <strong>Suzuki Intruder 125</strong>, mais acessível (R$ 6.990) e mais compacta, porém, com menor desempenho e com um visual que precisa ser renovado logo.</p>

<p>O design é seu ponto forte. Onde passamos, ela atraiu olhares e ganhou elogios pela beleza, com destaque para as belas rodas. O visual tem detalhes que lembram a <a href="http://www.motorpress.com.br/moto/testes/testes-testes/harley-davidson-iron-883-para-curtir-o-passeio"><span style="color:#FF0000;"><strong>Harley-Davidson XL 883R</strong></span></a>, basta ver a tampa lateral que fica sobre o motor, que simula a caixa do filtro de ar da fabricante americana e o formato do tanque.</p>

<p><img alt="O motor da Horizon 150 é alimentado por carburador, ainda tem disponível o pedal de partida e a tampa em preto e cromado, abaixo do tanque é apenas uma referência visual para a Harley-Davidson 883" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_2_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Algo que estranhamos foi a Dafra ter colocado a tampa dos dois lados… Fãs de simetria? Talvez, mas o motivo mais provável dessa segunda tampa foi esconder o vão livre entre o motor e o tanque, dando assim a impressão de ser uma moto com motor maior. 250? 300? Sim, fomos questionados se não era uma moto maior algumas vezes durante a avaliação, sinal de que o ‘truque’ visual deu certo.</p>

<p> Na Horizon 150, a Dafra repetiu a fórmula usada no scooter<strong> Cityclass 200i</strong>. Comprou um projeto pronto e aplicou melhorias para adequá-lo ao Brasil. Se alguns detalhes nela te lembram a extinta Kasinski Mirage 150, <strong>projetada pela Zongshen</strong>, isso não é mera coincidência. Vale dizer que ela aproveita nenhum item da extinta Kansas 150. Este é outro projeto, mais aprimorado, representando a nova fase da Dafra.  </p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Outro detalhe que precisa ficar bem claro sobre a Horizon 150. Ela não deve ser comparada com as populares Honda CG e Yamaha Factor (ou Fazer), porque seu projeto não visa alto desempenho e agilidade entre os carros, no trânsito congestionado. </span></p>

<p><img alt="Longe dos congestionamentos e corredores estreitos, a Horizon 150 mostra suas virtudes" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_4_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Assim como quase toda custom, a Horizon 150 foi projetada para o motociclista que busca uma pilotagem tranquila, prazerosa, sem stress. </span><span style="line-height: 1.6em;">E nesse sentido ela funciona bem —</span><span style="line-height: 1.6em;"> e melhor que a Suzuki Intruder 125. <strong>A posição de pilotagem é super confortável</strong>, com pedaleiras avançadas e largas, guidão igualmente largo (que compromete sua fluidez andando </span><span style="line-height: 1.6em;">no corredor) que deixa os braços em posição bem relaxada.</span></p>

<p>Ela é uma moto baixa, com 720 mm de altura do assento e pode também ser opção para iniciantes com baixa estatura. O efeito colateral disso — assim como em quase toda custom — é que o curso da suspensão traseira é reduzido. Na Horizon 150, o curso é de 70 mm.</p>

<p><img alt="O assento é em dois níveis é confortável e o passageiro tem boa alça para se segurar" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_10_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Sem garupa, endurecendo ao máximo a pré-carga da suspensão traseira, encontramos a melhor condição de conforto. Com passageiro, mesmo com a suspensão enrijecida, ela atinge o fim de curso com frequência em vias irregulares, como as da capital paulista, palco desta avaliação. Novamente, <strong>avaliando como uma custom, está dentro do esperado.</strong></p>

<p>O lado negativo na avaliação foi ver que a Horizon 150 não tem injeção eletrônica. Prestes a iniciar a fase 2 do Promot 4, rigoroso programa de controle de emissões, a mini custom da Dafra ainda tem carburador para alimentar com gasolina o motor de 150 cm³ — com direito a pedal de partida. <span style="line-height: 1.6em;">Sinal de que o orçamento para o projeto era limitado, ou apenas foi pensada para superar a rival direta, pois a Suzuki Intruder 125 também é movida por carburador. </span></p>

<p><img alt="Onde passou, a Horizon 150 recebeu elogios pelo seu visual caprichado" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_7_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">De acordo com a Dafra, ela rende 12,8 cv de potência máxima a 7.000 rpm e 1,4 kgf.m de pico de torque a 5.500. O câmbio de 5 marchas tem engate suave, mas sem a mesma precisão de câmbios Honda e Yamaha, o que pode incomodar os mais exigentes motociclistas. </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Um detalhe positivo é o som emitido pelo escapamento, que não lembra um liquificador ligado em altas rotações, como outras motos da mesma cilindrada. Levemente grave, faz diferença positivamente para o ‘espírito custom’ da Horizon 150.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Mesmo assim, uma injeção eletrônica tornaria essa motocicleta ainda mais prazerosa. Como toda moto de baixa cilindrada carburada, ela parece ter dois estágios. Se você quer extrair o desempenho dela, tem que andar em alta velocidade. Durante o teste, <strong>o consumo ficou em 35 km/l</strong>, alternando trechos urbanos e de estrada, com e sem garupa. Com 14 litros de capacidade do tanque, a autonomia é de 490 km! Rodando sozinho e apenas na cidade, é possível ter obter médias mais econômicas. Para uma moto alimentada por carburador, é uma boa marca!</span></p>

<p><img alt="Mesclando detalhes em cromado com pintura em branco ou preto, a Horizon agrada pelo design" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_6_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Para estar dentro da legislação atual, a regulagem da carburação está bem restrita e para dar partida, é necessário religiosamente acionar a alavanca do afogador, acessível ao motociclista no punho esquerdo. <span style="line-height: 1.6em;">Em motos mais antigas, essa alavanca do afogador poderia ficar acionada enquanto se percorria os primeiros quilômetros — ou deixar o motor esquentando ligado na garagem. </span><span style="line-height: 1.6em;">Na Horizon 150, isso não acontece. Acionou para ligar, ela volta a posição inicial, mostrando que nela o afogador é apenas para ligar a moto, esteja o dia muito quente ou muito frio.</span></p>

<p>O painel visualmente é uma evolução do utilizado na Kansas 150. O velocimetro tem praticamente o mesmo visual, e o painel redondo recebeu um display digital com luz azul de fundo, onde é informado o nível de combustível, odômetro total e parcial. Não tem relógio, mas como dissemos, esta não é uma moto para quem está correndo atrás do tempo. Abaixo do painel, está o indicador de marchas.</p>

<p><img alt="O painel tem as informações básicas. O indicador de marchas é muito útil para novos motociclistas" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_9_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Sua melhor condição de uso é quando estamos circulando com trânsito fluído, onde a largura do seu guidão (875 mm) não restringe seus movimentos. Ela é ágil, e os pneus Pirelli City Demon tem boa aderência, além de facilitar a inclinação nas curvas. Ela não é tão baixa quanto parece (145 mm de distância ao solo), e as pedaleiras largas não encostam no chão nas curvas.</p>

<p>No punho direito, outro sinal da economia com o aproveitamento de um projeto pronto. O seletor do farol tem três posições. <strong>Desligado; luz piloto; farol aceso.</strong> Só que a Horizon 150 não tem a luz piloto, então fica <strong>Desligado; desligado; farol aceso</strong>.</p>

<p><img alt="A manopla tem ótimo acabamento. No punho direito, a partida, o seletor do farol e o corta-corrente" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_8_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Outro pequeno erro que encontramos é que quando o corta-corrente está acionado, ele não bloqueia o motor de partida, então se você estiver distraído (o que não combina com pilotagem de moto), e tentar dar partida na moto com o corta-corrente acionado, não vai conseguir. </p>

<p>Para controlar o conjunto da Horizon 150 em movimento, freio a tambor na traseira e a disco na dianteira. Dentro da proposta da moto, de uma pilotagem tranquila, eles garantem a segurança, porém, se você quer uma frenagem mais precisa, sugerimos a instalação de um flexível de malha de aço na dianteira, para aumentar sua eficiência. Vale cada centavo…</p>

<p><img alt="Com a Horizon 150, aumentando as opções de baixa cilindrada para os fãs de motos custom" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dafra_horizon_150_custom_motociclismo_foto_rafael_munhoz_2016_5_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Em resumo, a <strong>Dafra Horizon 150 é uma motocicleta honesta dentro do que se propõe</strong>, com um conjunto melhor que o da única rival direta (e como sempre afirmamos aqui, <strong>quem chega depois tem obrigação de oferecer algo melhor</strong>), pode ser a primeira motocicleta de quem sonha um dia em acelerar com as imponentes Harley-Davidson — e porque não, com uma das recém-chegadas Indian Motorcycles. Assim como as grandes custom, <strong>precisa ser compreendido o seu propósito, para não ser injustiçada. </strong></p>

<p>Leia também uma<strong> <a href="http://www.motorpress.com.br/moto/testes/testes-testes/harley-davidson-iron-883-para-curtir-o-passeio"><span style="color:#FF0000;">avaliação completa com a Harley-Davidson Iron 883.</span></a></strong></p>

<div class="fb-post" data-href="https://www.facebook.com/motociclismomagazine/posts/1082604461821131" data-show-text="true" data-width="620">
<blockquote cite="https://www.facebook.com/motociclismomagazine/posts/1082604461821131" class="fb-xfbml-parse-ignore">
<p>Precisando de inspiração para viajar de moto? Encontre em http://goo.gl/I7fXNW 😉 #motociclismo #jornada9dejulho</p>
Publicado por <a href="https://www.facebook.com/motociclismomagazine/">Motociclismo Brasil</a> em <a href="https://www.facebook.com/motociclismomagazine/posts/1082604461821131">Quinta, 11 de agosto de 2016</a></blockquote>
</div>

Conteúdo Recomendado

Comentários