Card image
Testes
Harley-Davidson Road King Special: O ícone rejuvenesce

6 Minutos de leitura

  • Publicado: 04/12/2021
  • Por: Willian Teixeira

A Harley-Davidson Road King é um ícone da marca americana, e esta versão Snake Venon chega com a mesma pegada, mas o visual é difícil de adjetivar de tão bacana!

Texto: Alexandre Nogueira
Fotos:
Gustavo Epifânio

A Harley-Davidson Road King foi lançada em 1994 e tornou-se um ícone rapidamente, mas em 2006, com o lançamento da Street Glide construída por Willie G. Davidson, as coisas mudaram, e a queridinha dos baggers americanos perdeu seu trono para a Street.

Esta nova versão da Harley-Davidson Road King Special alterna elementos preto brilhante com preto fosco que valorizam ainda mais sua personalidade marcante. O cromado de alto brilho está apenas em algumas peças do motor, como as caixas dos balancins e as capas dos tuchos, para fortalecer a identidade do glorioso motor V-Twin.

Harley-Davidson Road King Special

A requintada pintura Snake Venon e o acabamento primoroso e impecável tornam esta Road King Special uma obra de arte contemporânea digna de exposição como peça de decoração.

A linha Touring, das maiores motocicletas da Harley-Davidson, recebeu melhorias bastante significativas, que a tornaram melhor mecânica e ciclisticamente, e trouxeram modernidade para a forte essência deste ícone americano.

Torque impressionante

Para empurrar a máquina, o motor escolhido é o novo Milwaukee-Eight 114, com 1.868 cm³, refrigerado a ar, com cabeçotes de quatro válvulas, e um balanceiro para diminuir as vibrações, e entrega um fabuloso torque de 16,1 kgf.m em baixas 3.250 rpm.

Os escapamentos proporcionam um ronco forte e muito agradável entre as 3 mil e as 5 mil rpm quando se abusa do acelerador. Nos passeios sossegados é possível rodar a 3 mil giros com o torque sempre abundante, mesmo em marchas altas, o que não era possível em versões mais antigas. Consegui rodar numa serrinha sinuosa em quarta marcha entre 60 e 70 quilômetros por hora, e o motor teve funcionamento perfeito com pouca vibração, a suavidade impressiona.

Harley-Davidson Road King Special

Menos vibração

O motor é montado no chassi com coxins de borracha que reduzem significativamente as vibrações. A Harley garante que em marcha as vibrações foram reduzidas em 75%. O novo chassi é o grande responsável pelas notáveis mudanças de comportamento da nova linha Softail, com sua geometria ajustada. Apesar de quatro quilos mais pesada em relação à Road King de 2016, esta nova versão transmite a sensação de mais leveza.

As novas suspensões melhoraram a agilidade do conjunto em baixa velocidade e ampliaram o conforto para encarar as longas jornadas. Ela tem garfos com tubos de 49 mm de diâmetro com tecnologia SDBV, de Showa Dual Bending Valve, na dianteira, e na traseira dois novos amortecedores com fácil regulagem manual da carga da mola através de um registro na lateral da moto, facilitando o ajuste fino da suspensão traseira conforme o uso e a carga.

Neste teste não tive a oportunidade de levar minha testadora de garupa, mas posso garantir que a experiência do passageiro não é das mais agradáveis por conta do formato do assento, que, acompanhando a curva do para-lama traseiro é bem inclinado, o que empurra o garupa para trás nas acelerações, exigindo força e atenção para se manter sentada.

Pilotando a Road King

Serpenteando as serrinhas à beira-mar na rodovia Rio-Santos, percebi que a agilidade ficou nitidamente melhor, e o esforço para esterçar o guidão ao rodar é menor, também o mesmo para estacionar.

As rodas Prodigy em liga de alumínio pintadas de preto brilhante têm atitude e arrasam no estilo. A roda dianteira de 19 polegadas deixa a frente mais leve e responsiva nas mudanças de direção, e a roda traseira de 18 polegadas me deu a impressão de que a moto parece mais grudada no chão, também devido às novas configurações do chassi, mas principalmente em altas velocidades, percebi que diminuíram aqueles balanços desconfortáveis.

As inclinações em curvas são limitadas e, caso você se empolgue demais nas inclinações, os protetores das malas vão protegê-las. O painel com um único mostrador sobre o tanque de 18 litros é bem completo, mas exige um bom movimento da cabeça para sua leitura.

O sistema de freios vinculado Reflex Brembo tem os dois discos dianteiros e o disco traseiro com 320 mm de diâmetro, e as três pinças de quatro pistões são auxiliadas pelo sistema antibloqueio ABS, e ainda são combinados eletronicamente. As frenagens são potentes e garantem espaços curtos, com pouco esforço na alavanca. O sistema tem bom tato, com pegada inicial suave e é bem modulável. Transmite segurança para circular na cidade, e tem autoridade nas frenagens em alta velocidade.

Harley-Davidson Road King Special

Ergonomia e peso

A posição de pilotagem é bem confortável, com assento amplo e macio, e o guidão de 23 cm de altura deixa a postura de pilotar com os cotovelos levemente elevados, com o piloto bem engajado com a motocicleta. Conforto para viagens e a possibilidade da tocada esportiva confiante. A baixa altura do assento em relação ao solo facilita a vida do condutor para as manobras de estacionamento e para colocar os dois pés no chão, afinal os mais de 360 quilos podem ser um pesadelo para estacionar.

É bom ressaltar que, apesar de todo conforto ao rodar, o alto peso cansa bastante se você encarar uma jornada numa estrada cheia de curvas, pois o piloto tem que usar bastante o corpo e a força para colocá-la no trilho. Para ampliar o conforto nas estradas, o piloto automático é um aliado que vem bem a calhar.

Sensação de volume

Esta Harley-Davidson Road King Special tem poucos itens cromados, por isso não não parece tão grande, porque motor, rodas, bengalas, guidão, escapamentos, farol e setas são em preto brilhante e escondem bastante o volume da motocicleta. A estonteante pintura Snake Venon a faz parecer um camaleão galáctico, tal o brilho e capacidade de mudar de cor conforme a luz incide sobre a pintura, pode ser verde, roxo, preto e, com certeza, mais alguma tonalidade que eu não vi nos dias que fiquei com ela.

Harley-Davidson Road King Special

A parte traseira desta legítima bagger americana é a mesma da Street Glide, com a lanterna e o suporte da placa na ponta do para-lama. Falando em para-lama, o dianteiro não usa os adornos cromados para garantir um ar mais sombrio, afinal ela foi pensada para uma nova geração de motociclistas, mais jovens e menos conservadores.

A Harley-Davidson Road King Special tem como proposta a versatilidade de uso com muito estilo. Os preços partem de R$ 115.600, o que é uma boa grana, mas o pacote técnico, a beleza e a diversão que ela carrega justificam o investimento.

Conteúdo Recomendado

Comentários