Card image
Testes
Harley-Davidson Road King Special é um clássico com pegada esportiva

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/07/2021
  • Atualizado: 26/07/2021 às 11:49
  • Por: Alexandre Nogueira

A Harley-Davidson Road King foi lançada em 1994 e tornou-se um ícone rapidamente, mas em 2006 com o lançamento da Street Glide construída por Willie G. Davidson as coisas se complicaram e a queridinha dos baggers americanos perdeu seu trono.

Esta nova versão da Harley-Davidson Road King Special alterna elementos preto brilhante com preto fosco que valorizam ainda mais sua personalidade marcante. A requintada pintura na cor Snake Venon torna esta Road King Special uma obra com expressões contemporâneas.

Veja também:
Usada da Vez: Yamaha R3 oferece esportividade para todos
Suzuki GSX-R1000R 2021 chega na versão cinza fosco
Kawasaki Versys 1000 GT 2021 ganha suspensão Skyhook da Showa

Nesta versão Special o motor escolhido para empurrar a máquina é o novo Milwaukee-Eight 114, com 1.868 cm³, refrigerado a ar que, conforme fontes internacionais, entrega por volta de 90 cavalos de potência máxima e um fantástico torque de 16,1 kgf.m em baixas 3.250 rpm.

Este novo motor tem quatro válvulas por cilindro e um balanceiro para diminuir as vibrações e por isso funciona mais suavemente. O motor também é montado no novo chassis com coxins de borracha que reduzem bastante as vibrações, especialmente em marcha lenta.

O novo chassis é o grande astro e o principal responsável pelas mais notáveis mudanças de comportamento da nova linha Softail, com uma geometria levemente ajustada mantendo a mesma distância entre eixos. Apesar de quatro quilos mais pesada em relação à Road King de 2016, esta nova Road King Special transmite a sensação de mais leve. Novas suspensões melhoraram a agilidade da máquina em baixas velocidades e ampliaram o conforto graças a melhor progressividade dos equipamentos.

Na dianteira um novo e robusto garfo com tubos de 49 mm de diâmetro com tecnologia SDBV de Showa Dual Bending Valve e dois novos amortecedores traseiros com regulagem da carga da mola através de um registro na lateral da motocicleta, facilitando o ajuste fino da suspensão traseira conforme a carga a ser transportada, principalmente quando se leva garupa e malas carregadas.

A agilidade ficou nitidamente melhor e o esforço para esterçar o guidão é menor. A roda dianteira de dezenove polegadas torna o trem dianteiro mais leve e responsivo nas mudanças de direção e a traseira de dezoito polegadas me deu a impressão que a moto parece mais assentada no chão, também devido às novas configurações do chassi, mas principalmente em altas velocidades, percebi que diminuíram aqueles balanços indesejados. O sistema de freios vinculado Reflex Brembo tem os dois discos dianteiros e o disco traseiro, todos de 320mm, combinados eletronicamente e as três pinças de quatro pistões são ainda auxiliadas pelo ABS.

A posição de pilotagem é bem confortável, com um assento amplo e macio e um largo guidão que proporciona uma pegada para pilotar mais agressivamente, com os cotovelos levemente elevados, mais engajado com a motocicleta. Achei bem legal a baixa altura do assento em relação ao solo que facilita a vida do piloto para colocar os dois pés no chão ampliando a confiança nas manobras para estacionar, afinal são 366 kg em ordem da marcha. O assento da garupa é bem confortável, mas a inclinação para trás faz a garupa escorregar e causa certo desconforto nas trocas de marcha. Melhor um passeio na estrada com velocidade constante para apreciar o visual. Para ampliar o conforto nas estradas o piloto automático veio bem a calhar.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

A nova Harley-Davidson Road King Special tem como proposta a versatilidade de uso com um visual estiloso e agressivo. Os preços partem de R$ 115.500, conforme a tabela FIPE, pois, por conta da pandemia e da oscilação do dólar, os preços não estão sendo divulgados no site da marca.

Conteúdo Recomendado

Comentários