Testes
  • 07/05/2022
Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem (vídeo)

6 Minutos de leitura

  • Publicado:
  • Por: Ismael Baubeta

A Harley-Davidson lançou no Brasil a Pan America, modelo que será um divisor de águas, marcando o início de uma nova era da marca norte-americana. Em um primeiro momento, a primeira maxitrail dos 120 anos de história da H-D será oferecida no Brasil apenas na versão Special, que é a topo de linha. Logo, ela traz alguns equipamentos eletrônicos e acessórios a mais do que a Standard, oferecida no exterior.

No primeiro lote disponibilizado no Brasil, a Pan America estará disponível apenas na cor preta, tonalidade que futuramente ganhará a companhia das pinturas cinza e da azul metálica com branco perolizado. Este lote em questão é oferecido ao preço promocional de R$ 139.955, terá 120 unidades disponibilizadas, todas montadas em Manaus, e vale apenas para a pré-venda. Futuramente, o preço sugerido da maxitrail da Harley-Davidson será de R$ 143.800.

Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem

A promoção de lançamento inclui o equipamento denominado de ARH, sistema adaptativo de ajuste de altura das suspensões, que também facilita o apoio dos pés no chão quando o piloto para a motocicleta. Este item deve ser oferecido como opcional assim que a pré-venda se encerrar.

Design e ergonomia da Pan America

Confesso que em um primeiro momento não me empolguei com o design da Harley Pan America, exclusivamente pela carenagem meio retangular que abriga o farol no mesmo formato em seu interior, embora bastante funcional com o farol adaptativo para curvas, particularmente achei estranha. Mas esse design tem um porquê: ele mantém a identidade com as Road Glide, forçando uma assinatura Harley-Davidson para o fora de estrada.

Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem

A Pan America parece maior do que realmente é, depois de subir no banco você se encaixa bem, ela não é muito larga entre as pernas e o triângulo formado entre assento, guidão e pedaleiras oferece uma posição de pilotagem bastante neutra e relaxada, inclusive para pilotar de pé sobre as pedaleiras. O banco tem uma camada de espuma macia e é bem confortável para rodar muitos quilômetros sem cansaço.

Tecnologia

A Harley-Davidson Pan America tem chassi tipo monochoque e o motor em V a 60° faz parte estrutural da motocicleta. Assim tanto a dianteira do chassi com o conjunto de bengalas como o sub-chassi e a balança da suspensão traseira da moto estão presos ao motor, solução que, segundo a fábrica, permite maior rigidez torcional, baixo centro de gravidade para maior controle na pilotagem.

Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem

De fato, a Harley Pan America é muito equilibrada, pude comprovar no test ride realizado no interior de São Paulo, na fazenda Capuava, rodando nos diferentes modos de pilotagem na pista e em estrada de terra batida com bastantes solavancos. 

Pan America e o novo motor Revolution Max 1250

A engenharia da Harley-Davidson trabalhou muito no novo propulsor, mantendo a característica do motor em V de suas motos, mas com uma personalidade bastante original. Os dois cilindros estão dispostos a 60°, tem comando DOHC variável, oito válvulas e refrigeração líquida.

Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem

Seus números absolutos de potência e torque máximos são de respeito, 150 cv a 8.750 rpm e 13 kgf.m a 6.750 rpm respectivamente. Trata-se de um motor bem elástico, capaz de se apresentar em qualquer situação sem hesitar, oferecendo respostas rápidas e empolgantes, além de arrancadas vigorosas e retomadas rápidas, ou seja, ele tem características que empolgam qualquer piloto.

Eletrônica, suspensões e freios

A Pan America Special tem cinco modos de pilotagem que atuam em todos os parâmetros da eletrônica embarcada. Através de um botão no punho direito você pode selecionar o modo Road, Sport, Rain, Off-Road ou Off-Road Firme. Cada um deles confere características a moto que a deixam mais intensa, “durinha” ou suave, sempre conferindo uma pilotagem segura, acelerações enérgicas e frenagens surreais, impressionando positivamente. 

A maxitrail da H-D veste pneus fabricados pela Michelin com nome Scorcher, mas são os conhecidos Anakee, que oferecem muita confiança e segurança na pilotagem. Em conjunto com a eletrônica foi possível sair das curvas com derrapagens muito bem controladas e sem sustos, uma delícia!

Harley-Davidson Pan America surpreende na pilotagem

As suspensões semi-ativas Showa são auto adaptativas e ajustam automaticamente o SAG de acordo com o peso e carga sobre a moto. A dirigibilidade da moto é ponto alto na pilotagem, ela é facilmente controlável e obediente nas mudanças de direção, rápida e precisa.

O funcionamento das suspensões é bom e preciso no asfalto, permitindo frenagens fortes com a moto bem aprumada e o contorno de curvas com extrema estabilidade. Um amortecedor de direção se encarrega da estabilidade em alta velocidade. No modo off-road ela se comporta muito bem, lidando com competência em trechos com buracos mais acentuados. Não tive tempo de tentar um ajuste mais fino para customizar eletronicamente o ajuste nos cliques hidráulicos da suspensão para ver a mudança.

O sistema de freios é Brembo e conta com dois discos de 320 mm de diâmetro na dianteira com pinças radiais de quatro pistões, atrás um disco de 280 mm. Os freios têm ABS cornering, capaz de permitir frenagens com a moto inclinada. Preciso, com muito bom tato e sem exigir muita força para deter a moto, o sistema confere confiança e segurança na pilotagem.

Mais equipamentos e considerações finais

Além desses equipamentos a Pan America ainda tem um belo painel em TFT, sensível ao toque e compatível com smartphones, que pode funcionar como GPS. Além da interação com o celular, mostra as informações de praxe que incluem a calibragem dos pneus.

A iluminação é total LED e os faróis são adaptativos, iluminando o lado de dentro das curvas de acordo com a inclinação da motocicleta. Também merecem destaque as proteções laterais, de cárter, de mãos, para-brisas ajustável, piloto automático e aquecedor de manoplas também estão no pacote Special.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Tenho que ser sincero: eu estava meio apático em relação à Harley-Davidson Pan America, mas ela me surpreendeu e me diverti muito acelerando-a no test ride de apresentação do modelo. Seu preço é mais alto que o da líder de mercado, a BMW R 1250 GS, fortemente sedimentada no Brasil, mas ela demonstrou ter muita competência para fortalecer o segmento maxitrail do mercado brasileiro. Agora é esperar para ver como nossos motociclistas vão recebe-la.

Conteúdo Recomendado

Comentários