Card image
Testes
Andamos na renovada Triumph Tiger Sport; veja análise

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/12/2016
  • Por: admin

<p>A <strong>Triumph Tiger Sport </strong>é a irmã 100% asfalto das Tiger. Equipada com rodas de 17 polegadas, ela cativa pilotos que não são adeptos das superesportivas, gostam de ir rápido em curvas, mas <strong>não abrem mão do conforto</strong>.</p>

<p>Equipada com o tradicional motor tricilíndrico de 1 050 cm³ ela, até pouco tempo atrás, não contava com mapas diferenciados de injeção, nem controle de tração e muito menos acelerador ride-by-wire.</p>

<p><img alt="A Triumph Tiger Sport recebeu melhorias significativas para se manter firme na guerra entre as crossover " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_sport_motociclismo_lateral_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Quanto a ciclística e desempenho, era uma moto deliciosa, mas precisava de evolução. Agora ela conta com uma nova central eletrônica e<strong> um total de 104 modificações internas no motor</strong>. Todo cabeçote, ângulos de válvulas, virabrequim e pistões são novos, e resumidamente <strong>fazem a Tiger Sport respirar melhor</strong>, poluir menos e também ficar mais econômica.</p>

<p>Segundo a fábrica, ela está 8% mais econômica. O novo sistema de escapamento, por exemplo, tem uma capacidade de liberação de gases 48% mais livre que o antigo e, isso, consequentemente, alterou também o ruído.</p>

<p>A marca declara um leve aumento de potência, afinal de contas, com novos mapas e nova taxa de compressão, ela pode se gabar de estar 2 cv mais potente que a antiga, com exatos 126 cv.<strong> No mapa Rain a potência cai para 110 cv. </strong>A diferença de potência para a Speed Triple é basicamente por causa da caixa de ar menor.</p>

<p><img alt="A balança monobraço deixa a roda totalmente exposta do lado direito. Identidade da Tiger Sport" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_sport_motociclismo_3_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Todavia, <strong>a Tiger Sport é considerada uma sport touring</strong> e, por isso, mais do que desempenho, ela ganhou recursos para melhorar o conforto em viagens. A bolha para-brisa está maior e agora pode ser regulada sem a necessidade de ferramentas, as setas se desligam automaticamente depois da curva, os protetores de mão são originais de série, assim como o controle eletrônico de velocidade (piloto automático). Há também uma tomada 12V e uma USB. </p>

<p><strong>Notável como o motor responde melhor ao acelerador.</strong> Tanto o ABS como o controle de tração pode ser desabilitado, mas já adiantamos que basta selecionar um dos três mapas desejados, Sport, Road ou Rain, que os parâmetros desses sistemas já são automaticamente calibrados.</p>

<p><img alt="A Tiger Sport serve tanto para viajar quanto para ser utilizada diariamente" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/triumph_tiger_sport_motociclismo_2_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>A nova bolha protege bem e a nova calibragem das suspensões deixou o conjunto bem macio.</strong> Visualmente não mudou muito, ganhou uns poucos acessórios aqui e ali, como o acabamento da porca da roda traseira e refletores de ar ao lado da bolha, mas interessante mesmo são as novas cores. Pode ser preta ou prata, sempre com rodas, motor e suspensões negras e bolha para-brisa fumê. </p>

<p><strong>Pena que o preço também foi revisado</strong> e agora ela custa R$ 52 990. Não é barata, mas comparada com as concorrentes ela está no páreo. </p>

<p><img alt="Assim como as irmãs 800, agora ela conta com controle de tração e mapas diferentes " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/painel_triumph_tiger_sport_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>FICHA TÉCNICA</strong></p>

<p>Motor: tricilíndrico, arrefecido a líquido<br />
Distribuição: DOHC, 12 válvulas<br />
Câmbio de 6 velocidades<br />
Cilindrada: 1.050 cm³<br />
Potência máxima declarada:126 cv a 9 475 rpm<br />
Torque máximo declarado: 10,8 kgf.m a 7 000 rpm  <br />
Diâmetro x curso do pistão: 79 mm x 71,4 mm<br />
Taxa de compressão: 12,2:1<br />
Quadro: Dupla trave de alumínio<br />
Cáster: 23°<br />
Trail: 89 mm<br />
Suspensão dianteira: Garfo invertido Showa com 140 mm de curso, totalmente regulável<br />
Suspensão traseira: Monoamortecedor com curso de 140 mm, pré-carga e extensão<br />
Freio dianteiro: Disco de 320 mm, pinça radial de 4 pistões (ABS)<br />
Freio traseiro: Disco de 255 mm, pinça de 2 pistões<br />
Modelo do pneu: Pirelli Angel GT<br />
Roda dianteira: 120/70 – 17"<br />
Roda traseira: 180/55- 17"</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários