Card image
Notícias
Yamaha TMAX 560 chega em duas versões

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 04/11/2019
  • Atualizado: 04/11/2019 às 17:56
  • Por: Alexandre Nogueira

O Yamaha XP500 TMAX surgiu em 2001 e inaugurou a classe dos maxi scooter, com o título de maior e mais poderoso scooter de produção em série. Em 2012 o motor passou para 530 cilindradas, com a designação XP530 TMAX e assim foi produzido até 2017, ano em que sofreu sua última atualização.

Yamaha TMAX 560 2020: totalmente renovado (Divulgação)

Nesta sétima geração, o TMAX 560 2020 chega renovado no visual, com melhores especificações de torque e potência e duas versões, o TMAX 560 e o TMAX Tech MAX.

Yamaha TMAX 560: DNA esportivo é indiscutível (Divulgação)

O TMAX tem uma construção diferente da tradicional receita onde o motor já se faz de suspensão traseira. O TMAX tem um chassi de viga dupla de alumínio com o motor ancorado como nas motocicletas e a transmissão final é por correia dentada.

Yamaha TMAX 560: motor ancorado no chassi e suspensão como nas motos (Divulgação)

Veja também:
Moto de Ouro: vote e concorra a um KIT MOTOCICLISMO!
Marca de Keanu Reeves, ARCH apresenta KRGT-1 2020
Nova Indian Challenger chega com motor poderoso

O TMAX utiliza um motor de dois cilindros paralelos com novos pistões forjados para chegar em 560 cilindradas bem como novas bielas, reprojetadas para proporcionar um desempenho superior e com um caráter mais esportivo, vindo do aumento de torque em 6%.

Yamaha TMAX Tech MAX: tecnologia embarcada para máximo conforto (Divulgação)

Válvulas de admissão maiores, novos bicos injetores de 12 furos, câmara de combustão com novo design e novo escapamento com dois catalizadores enquadraram o motor nas rígidas normas Euro5 e ainda ampliaram a potência em 3,5%, conforme os engenheiros da Yamaha.

O câmbio CVT também foi todo revisto com novas relações equivalentes com a nova pegada da usina. Um novo mecanismo de balanceamento horizontal também chega para diminuir ainda mais as vibrações do motor, tornando o Yamaha TMAX o mais confortável da categoria maxi scooter premium.

Assoalho amplo permite encontrar melhor posição para a cidade e para a estrada (Divulgação)

A alta tecnologia eletrônica também chega em peso na categoria com as soluções do TMAX, com um pacote eletrônico que dispõem de um acelerador eletrônico que oferece dois modos de pilotagem e controle de tração.

Yamaha TMAX 560: eletrônica e painel TFT facilmente acessados (Divulgação)

Ao chassi de dupla trave de alumínio vai agregado um garfo invertido com regulagem na pré carga da mola e na velocidade do retorno e na traseira o sistema mono cross amplia a progressividade do funcionamento garantindo tração, estabilidade e conforto, suficientes para encarar uma longa jornada de muitas horas. O sistema de freios conta com ABS nos dois discos da dianteira e no disco traseiro.

Versão TMAX Tech MAX: acabamento e equipamentos o tornam ainda mais refinado (Divulgação)

Dentre as inovações, carenagem foi totalmente reprojetada mantendo o DNA TMAX e oferece melhor acesso aos ocupantes, maior conforto com a nova ergonomia para o piloto e a melhor proteção aerodinâmica com o para brisa regulável eletronicamente em 135 mm. O visual está mais refinado, com as setas dianteiras integradas à carenagem, a parte traseira inspirada nas Hyper naked e Superbike. A iluminação é Full Led e a lanterna traseira tem como detalhe a letra T, reforçando ainda mais o DNA TMAX.

Yamaha TMAX 650: visual inspirado nas irmãs superesportivas (Divulgação)

O painel de dois relógios analógicos continua, agora com uma tela central TFT monocromática com todas as informações de bordo e as luzes indicadoras do controle de tração e do D-Mode.

Painel TFT monocromático é novidade e traz múltiplas informações (Divulgação)

Embaixo do assento, o compartimento é à prova d’água e comporta um capacete fechado ou dois abertos tipo Jet. O sistema sem chave Yamaha Smart Key permite dar a partida no motor, travar ou destravar o assento e ainda travar ou destravar o cavalete central que funciona com trava anti furto e só pode ser destravado com a chave de presença.

Compartimento à prova d’água comporta dois capacetes abertos ou um fechado (Divulgação)

A exclusiva versão Tech MAX vem equipada com uma gama de acessórios para ampliar o conforto e a segurança dos ocupantes. O TMAX Tech MAX permite que o piloto se conecte com o MyTMAX Connect, um aplicativo onde o piloto acessa o sistema GPS e funções como relatórios de viagem, alarme de velocidade e ainda pode acessar o telefone celular.

Yamaha TMAX Tech MAX: esportividade e sofisticação num conjunto discreto (Divulgação)

Para brisa ajustável eletronicamente, piloto automático, assento e manoplas aquecidas, suspensão traseira ajustável e acabamento da suspensão dianteira em ouro são detalhes de sofisticação do TMAX Tech MAX.

Para brisa permite até 135 mm para cima (Divulgação)

Os preços para a Europa, seu principal mercado, ficam em 12.250 euros para o Yamaha TMAX 560 e 14.050 euros para o Yamaha TMAX Tech MAX.

O Yamaha TMAX 530 reinou no Brasil no segmento dos maxi scooter premium, mas saiu de linha em 2017 por conta do baixo índice de vendas. Hoje o Yamaha TMAX 560 seria uma ótima opção em nosso mercado e ele entraria na briga da categoria maxi scooter premium com o Honda X-ADV 750, que custa 56.000 reais.