Card image
Notícias
Yamaha apresenta versão 2011 da Midnight Star

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 30/11/2010
  • Por: admin

<p>Come&ccedil;a a ser vendida no Brasil, a nova Yamaha XVS 950 Midnight Star modelo 2011, com grafismo diferenciado. Esteticamente, o modelo esta mais &lsquo;clean&rsquo;, mais cl&aacute;ssico, resgatando o esp&iacute;rito custon low rider. O novo modelo ser&aacute; comercializado em duas cores, preta e azul. Com detalhes discretos em seu tanque de combust&iacute;vel em forma de gota, remetendo aos carros esportivos da d&eacute;cada de trinta, foi projetado em CAD 3D, apresenta perfil lateral baixo.</p>
<p><br />A motoriza&ccedil;&atilde;o foi mantida contando com um V2 &agrave; 60&deg; que trabalha quase &lsquo;quadrado&rsquo;, com rela&ccedil;&atilde;o di&acirc;metro x curso em&nbsp; 85mm x 83mm. &Eacute; um OHC, de 942 cm&sup3; arrefecido a ar, com pot&ecirc;ncia de 53,6 cv &agrave; 6.000 rpm e torque de 7.83 Kgmf, que se apresenta &agrave; .3000 rpm. Alimentado por um moderno sistema de inje&ccedil;&atilde;o de combust&iacute;vel, com dois bicos de quatro furos cada e com corpo de borboleta de 35 mm de di&acirc;metro, gerenciado por uma moderna ECU, que controla v&aacute;rios par&acirc;metros. Transmiss&atilde;o por correia dentada refor&ccedil;ada de 28.6 mm de di&acirc;metro, constru&iacute;da em kevlar e fibra de carbono, dur&aacute;vel e silenciosa.<br /><br />Seu chassi foi projetado com o auxilio de computa&ccedil;&atilde;o gr&aacute;fica, onde foi estudada a rela&ccedil;&atilde;o entre tor&ccedil;&atilde;o lateral e longitudinal, apresentando assim caracter&iacute;sticas marcantes quanto a estabilidade e conforto ao rodar, aliado com grande resist&ecirc;ncia. O &acirc;ngulo de c&aacute;ster de 32&rdquo;10&rsquo;, e 145 mm de trail, transmite conforto e estabilidade na estrada. Sua cicl&iacute;stica se completa com suspens&atilde;o dianteira Kayaba, com&nbsp; tubos internos de 41 mm de di&acirc;metro e 135 mm de curso, e na traseira o j&aacute; consagrado sistema mono-amortecido Monocross, com 110 mm de curso, com regulagem na pr&eacute;-carga da mola.<br /><br />Suas rodas em liga, s&atilde;o cal&ccedil;adas por pneus 130/70×18 na dianteira e 170/70×16 na traseira. A frenagem fica entregue a um disco dianteiro com 320 mm de di&acirc;metro, com pin&ccedil;a flutuante de dois pist&otilde;es, e traseiro de 298 mm e pin&ccedil;a flutuante de pist&atilde;o simples. O moderno painel de instrumentos esta posicionado sobre o tanque de combust&iacute;vel, com veloc&iacute;metro anal&oacute;gico, e mostrador LCD multifuncional, hod&ocirc;metro parcial e total, trip fuel e rel&oacute;gio, com interruptor no punho direito. <br /></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários