Card image
Notícias
Yamaha apresenta nova linha Crosser 150 ABS 2021

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/07/2020
  • Por: Alexandre Nogueira

As versões 2021 das Yamaha XTZ Crosser 150 S ABS e XTZ Crosser 150 Z ABS acabam de chegar, com novas cores e grafismos dando maior ênfase ao nome “XTZ”, sem nenhuma alteração mecânica.

A XTZ Crosser 150 S ABS chega com duas opções de cor, a branca “Sports White” e a preta “Black Eclipse”, com preço sugerido de R$ 14.447, e a XTZ Crosser 150 Z ABS chega nas cores bege “Dakar Areia” e azul “Competition Blue” com preço sugerido de R$ 13.990. Esses preços valem para o estado de São Paulo e não incluem o frete, que varia conforme o estado.

Veja também:
Yamaha Crosser 150 Z: nova cara, mesma moto
Testamos a Yamaha Crosser 150 ABS, agora mais segura
MOTOCICLISMO 271: veja os destaques desta edição

A linha Crosser 150 já tinha recebido o freio ABS na roda dianteira e o freio a disco na roda traseira em 2019, o que é um grande diferencial na categoria, já que a Honda NXR 160 Bros possui apenas o sistema de freios combinados CBS.

A linha Crosser vem equipada com o motor monocilíndrico de 149 cm³ refrigerado a ar, com comando simples para acionar duas válvulas e sistema de injeção eletrônica de combustível Flex, capaz de entregar 12,4 cv de potência máxima a 7.500 rpm e 1,3 kgf.m de torque a 6.000 rpm, quando abastecido com etanol.

O câmbio é de 5 velocidades bem escalonadas para encarar o trânsito com agilidade e um fora de estrada leve, e o tanque de combustível com capacidade para 12 litros, garante uma autonomia por volta de 360 km. O motor conta com o sistema Y.R.C.S. Yamaha Ram Air Cooler System, que direciona o ar frio para a vela, mantendo a temperatura estável para que não haja perda do rendimento nas solicitações mais severas.

A suspensão dianteira da linha Crosser 150 é convencional, com 180 mm de curso, a suspensão traseira tem o monoamortecedor fixado na balança pelo sistema MonoCross com links, 160 mm de curso, e o conjunto apresenta bom equilíbrio entre performance e conforto, tanto no uso urbano como nas estradas de terra.

O painel multifuncional é completo e conta com um grande conta-giros analógico e um display LCD com as principais informações de rodagem como velocímetro, hodômetro total e parcial, nível de combustível, além de indicador de marcha e marcador ECO.

O guidão possui dois níveis de ajuste, para uma melhor ergonomia e conforto. O assento em dois níveis é anatômico e bem confortável, e a garupa conta com amplas alças de alumínio, que funcionam muito bem para o piloto amarrar a bagagem nas viagens solo.

A linha Crosser 150 tem um visual agressivo que evoca o legado off-road da série XTZ, mas ambas tem a mesma dinâmica no comportamento, seja no trânsito apertado ou nas estradas de terra, tanto que as duas versões vem equipadas com os mesmos pneus de uso misto montados em rodas de aro 19 na dianteira e 17 na traseira, e o peso por volta de 130 kg totalmente abastecida.

A XTZ Crosser 150 S ABS é mais focada no on-road, com um para-lama dianteiro mais próximo ao pneu, e a XTZ Crosser 150 Z ABS tem a pegada off-road fortalecida pelo paralamas dianteiro alto e também pelo grafismo, principalmente da versão bege. Agora é com você, “S” ou “Z” ?