Card image
Notícias
Yamaha apresenta a linha 2020 de motocross

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 14/08/2019
  • Atualizado: 14/08/2019 às 11:47
  • Por: Alexandre Nogueira

A Yamaha do Brasil apresentou sua nova linha de motocicletas de motocross para o mercado brasileiro. A grande novidade na família é a volta da pequenina Yamaha YZ 65, que chega para incentivar a prática do esporte. Além dela, foram divulgadas YZ 85 e a YZ 250, todas com motores de 2 tempos.

Já com motores de 4 tempos chegam a YZ 250F e a renovada YZ 450F, com novo motor, mais compacto e mais leve, novo chassi, novos componentes plásticos e novo sistema de freios com novos discos e novas pastilhas, além de novos ajustes nas suspensões KYB e na eletrônica embarcada.

Veja também
Entrevista: Monster Energy e sua relação com os esportes
Honda GL 1800 Gold Wing: De boa no asfalto
BMW R 1250 GS: conheça as novidades do modelo

As motocicletas podem ser adquiridas nas concessionárias Racing Blue à partir deste mês, com a YZ 65 custando R$ 37.990,00 e a YZ 85 LW R$ 39.990,00. A YZ 250 só estará disponível em Janeiro de 2020 a R$44.990,00, a YZ 250F R$ 49.990,00 e a YZ 450F R$ 53.290,00.

A família YZ é o máximo que a marca dos diapasões tem a oferecer para continuar no topo das competições por isso os investimentos no projeto são altos.

O grande destaque 2020 fica para a renovada YZ 450F que chega com aprimoramentos no forte motor, incluindo novo cabeçote com comandos de válvulas mais agressivos, novo pistão com anéis de baixo atrito, filtro de ar de alto fluxo e uma nova tampa de válvulas menor e mais leve em magnésio. O câmbio de cinco marchas também foi revisto e tem engates mais precisos para as solicitações extremas de competição.

O chassi de alumínio traz novas características que melhoraram o desempenho em curvas, na tração e no pouso dos saltos. As vigas superiores e o berço tem espessura menor das paredes e os pontos de fixação do motor foram reforçados.

As suspensões KYB foram recalibradas para suportar as novas exigências do chassi e do potente motor. O sistema de freios ganhou novos discos menores e mais leves e nova pinça de freio com pastilhas maiores que aumenta a sensibilidade e a capacidade de controle das frenagens.

Destaque para o exclusivo aplicativo Yamaha Power Tuner App, que permite modificar a injeção e a ignição através do seu telefone celular. E você ainda pode salvar e enviar o acerto pelo Whatsapp para seus camaradas de pista. Dois mapas ficam gravados na ECU e podem ser alterados instantaneamente através do botão no punho esquerdo do guidão.

A YZ 250F já foi redesenhada com sucesso no ano passado e chega sem alterações significativas, apenas com melhorias na calibragem das suspensões e no grafismo.

Para os saudosistas

A YZ 250 2 tempos vem para agradar aos fanáticos por esse tipo de motor com sua entrega de potência explosiva. O consagrado motor monocilíndrico de 2 tempos utiliza tecnologia YPVS de Yamaha Power Valve System, uma válvula na janela de escapamento que aumenta ou diminui a abertura da janela conforme a rotação do motor, proporcionado maior torque nas baixas rotações, quando a válvula se mantém fechada.

As características de ciclística são bem semelhantes às da irmã de 4 tempos, mas ela exige uma técnica mais aperfeiçoada de pilotagem. Pilotos da categoria freestyle preferem a YZ 250 2 tempos por ser mais leve para as manobras.

Yamaha incentivando o esporte

A pequenina e endiabrada YZ 65 volta ao mercado brasileiro para emplacar novos pilotos mirins no cenário do motocross, já que a categoria aceita pilotos entre 6 e 12 anos de idade. Ela vem equipada com um motor monocilindro de 2 tempos também com a tecnologia YPVS.

A YZ 85 é a escolha certa para os pilotos em ascensão no esporte com mais de 12 anos. Ela tem rodas maiores que a YZ 65, bem como maior torque e potência. Nós aqui da redação achamos estranho o fato da Yamaha não disponibilizar a YZ 125 que é a escola preparatória para ingressar na categoria das 250 cilindradas.