Card image
Notícias
Triumph renova Tiger 1200 e abandona o nome Explorer

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 07/11/2017
  • Por: Marcelo Barros

A Triumph apresentou no EICMA a terceira geração da sua maxitrail topo de linha, a Tiger 1200, modelo que apesar da marca dizer que trata-se de uma nova geração do modelo, assim como na atualização da Tiger 800, a estética pouco mudou para 2018. Além de novas cores e grafismos, a 1200 recebeu pequenos retoques nas carenagens, especialmente na dianteira. As mudanças mais relevantes estão mesmo longe dos olhos, e são bem interessantes.

Triumph Tiger 1200 XCa

Também como na Tiger 800, no que se refere à ergonomia e conforto a 1200 ganhou um novo composto de espuma no assento, reposicionamento do guidão e novos botões de comando, tanto para o controle de velocidade quanto para o ajuste dos demais recursos, agora por meio de joystick.

O painel TFT de 5”, que estreou na Street Triple 765 RS, também está presente — exceto na versão XR. Todas as Tiger 1200 contam com uma nova geometria de chassi, e as versões mais completas ganharam chave de presença (keyless). O sistema de iluminação passa a ser de LED e pode receber, como opcional, faróis adaptativos para curvas, um sistema dinâmico que aumenta a luminosidade em função do ângulo de inclinação.

Triumph Tiger 1200 XRt

As versões XCx e XCa estão mais capacitadas para off-road já que, aos já existentes cinco modos de pilotagem, elas ganharam mais um, denominado Off-Road Pro, que elimina qualquer intervenção do controle de tração e ABS. As rodas das Tiger 1200 também são novas, mas continuam sendo raiadas nas XC e de liga-leve nas XR. A apresentação dinâmica da nova Tiger 1200 será realizada no final deste mês, na Espanha, ocasião em que teremos a oportunidade de comprovar o feito prático dessas melhorias na “ex” Explorer.

Para saber sobre a atualização da linha Triumph Tiger 800, clique aqui.

Texto: Gabriel Berardi

Conteúdo Recomendado

Comentários