Card image
Notícias
Suzuki V-Strom 1050 recebe novas cores e estará em breve no Brasil

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/05/2021
  • Por: Alexandre Nogueira

A Suzuki V-Strom 1050 recebe atualizações e novos grafismos para a linha 2021. Além da V-Strom 1050, a Suzuki já mostrou as atualizações de alguns modelos para 2021, como a nova GSX-S 1000 e também o lançamento da nova geração da Hayabusa.

Ano passado nós antecipamos que a JToledo Suzuki do Brasil já registrou a patente da nova V-Strom 1050, pois, por aqui ainda é disponibilizada a geração anterior, a V-Strom 1000.

Suzuki V-Strom 1050 XT: novas cores e grafismos (Divulgação)

Veja também:
BMW celebra seu legado com linha comemorativa GS 40 Anos
Bolt R Spec, a nova bobber da Yamaha
Yamaha Fazer 150 2021: a boa receita continua

Suzuki V-Strom 1050: nova versão cinza com azul (Divulgação)

Lançada em 2020, a linha V-Strom 1050 vem equipada com o mesmo motor V-Twin a 90°, DOHC oito válvulas, mas agora com 1.037 cm³. A usina foi totalmente retrabalhada para atender às normas de emissão Euro5, e oferece potência máxima de 107,4 cv a 8.500 rpm – ante os 100 cv da versão anterior – e torque máximo de 10.1 kgf.m a 6.000 rpm.

A eletrônica embarcada de última geração disponibiliza uma série de modos inteligentes para facilitar a vida do piloto, como três mapas de potência do motor, controle de tração com três modos, ABS sensível ao ângulo de inclinação com dois modos e controle de força, além de controle de cruzeiro, mais conhecido por nós brasileiros como piloto automático.

Suzuki V-Strom 1050: laranja e branco inspirada da DR 750 (Divulgação)

O modelo padrão V-Strom 1050 é mais despojado de acessórios e tem as mesmas características eletrônicas, mas opta por rodas de liga leve, e perde as proteções do motor e os protetores de mão.

Versão de entrada tem rodas de liga leve (Divulgação)

A V-Strom 1050XT Tour Edition, além das novas atualizações, vem equipada com duas malas e um top case, todos de alumínio, somando 112 litros de capacidade de bagagem.

V-Strom 1050 amarela é inspirada nas RM-Z de motocross (Divulgação)

Na Europa, a nova família Suzuki V-Strom 1050 custa a partir de 10.000 euros, com o modelo 1050XT custando 11.600 euros e a 1050XT Tour Edition a 12.800 euros. Aproximadamente, a partir de R$ 65.296 numa conversão direta.

Versão preta com aros dourados é clássica chique (Divulgação)

No Brasil, a V-Strom 1000 custa a partir de R$ 72.196, e está com uma atraente promoção para pagamento à vista, custando R$ 66.994, o que faz dela uma excelente opção de big trail de 1.000 cilindradas, com um ótimo custo benefício.

Suzuki V-Strom 1000 XT ainda é vendida no Brasil. Aguardamos a versão atualizada (Divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Agora só nos resta aguardar ansiosos pela chegada da nova geração de 1.050 cilindradas por aqui. E você, é fã da linha V-Strom, com seu motor V-Twin a 90° cheio de torque em baixa? Deixe seu comentário nos dizendo qual a sua big trail favorita.