Card image
Notícias
Suzuki estuda mais uma V-Strom de baixa cilindrada

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 21/10/2020
  • Por: Willian Teixeira

Você gostaria de ver mais uma Suzuki V-Strom de menor cilindrada? Pois saiba que existe a possibilidade disso se tornar realidade. De acordo com informações veiculadas na imprensa internacional, a Casa de Hamamatsu vem estudando uma versão ainda menor de sua aventureira, agora com motor de 160 cm³.

A Suzuki já oferece uma versão de menor cilindrada de sua motocicleta aventureira em alguns mercados, a V-Strom 250, que dispõe de motor bicilíndrico de 248 cm³ com refrigeração líquida, comando SOHC e injeção eletrônica. Apesar disso, a marca vem trabalhando em um modelo ainda menor que possivelmente será lançado pela Haojue, fabricante chinesa que é parceira da Suzuki.

Patente da possível Suzuki V-Strom 160 (Reprodução)

Veja também:
Suzuki Gixxer 150 renovada chega ao México
Kymco confirma lançamento do AK 550 para outubro
Haojue terá novos modelos no Brasil nos próximos meses

Patentes registradas pela Haojue na China – as que ilustram esse texto- mostram uma motocicleta que segue o visual das versões maiores da V-Strom, com características como posição de pilotagem ereta, porte aventureiro, para-brisa, protetores para as mãos e fendas abaixo do assento para fixação de bagageiros.

Patente da possível Suzuki V-Strom 160 (Reprodução)

A moto ainda deve contar com rodas de 17 polegadas em alumínio, iluminação total LED e freios a disco com ABS. Espera-se que ela utilize o mesmo motor da Haojue DR 160, lançada no Brasil este ano, um monocilíndrico de 162 cm³ que entrega 15 cv de potência máxima em 8.000 rotações e 1,43 kgf.m de torque máximo a 6.500 giros.

Suzuki V-Strom 250 (Divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Caso ela seja lançada, será oferecida com a marca Haojue em mercados asiáticos, enquanto em países “mais selecionados” a motocicleta seria oferecida pela Suzuki. Aqui no Brasil, as duas marcas são representadas pelo Grupo J. Toledo, que ainda conta com a taiwanesa Kymco em seu portfólio.

Suzuki V-Strom 250 é oferecida em alguns países como Colômbia, Japão, Chile e México (Divulgação)

No Brasil, ela disputaria com Honda Bros e Yamaha Crosser, mas vale ressaltar que a Haojue ainda conta com a trail NK 150 no radar do mercado nacional, ou seja, se a nova V-Strom deixar de ser um projeto e ganhar as linhas de produção, ela possivelmente não seria oferecida por aqui em um primeiro momento.

Haojue NK 150 deve chegar ao Brasil ainda este ano ou no início de 2021 (Willian Teixeira)

Conteúdo Recomendado

Comentários