Card image
Notícias
Sem EICMA este ano: Salão de Milão é adiado para 2021

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/06/2020
  • Por: Willian Teixeira

Não teremos EICMA em 2020. A organização do Salão de Milão anunciou o cancelamento da 78ª edição do evento para novembro de 2021 em virtude da pandemia do novo coronavírus, que vem provocando baixas em diversos eventos mundo afora, como o Intermot, o BMW Motorrad Days e a Vive La Moto, só para citar alguns.

Marcado para acontecer entre 3 e 8 de novembro deste ano, o EICMA foi adiado para o próximo ano, e agora as marcas terão de pensar em novas oportunidades para mostrar os principais lançamentos do segmento das motocicletas, fato que acontece há mais de 100 anos no tradicional evento italiano.

Sem EICMA este ano: Salão de Milão é adiado para 2021
Apresentação da Ducati Streetfighter V4 no EICMA 2019. Agora, só em 2021 (Divulgação)

Em nota divulgada pela EICMA Spa, o CEO Paolo Magri destaca que a opção pelo adiamento foi tomada com a intenção de proteger todo o setor, evitando uma nova onda do Covid-19. “A responsabilidade que nos foi imposta faz com que tomemos decisões visando o interesse dos expositores e de nossos visitantes, adiando a mostra deste ano”, destaca o executivo.

A edição do evento será realizada de 9 a 14 de novembro de 2021 no mesmo local, o pavilhão Milano Rho Fiera, que sedia a feira internacional de bicicletas e motocicletas todos os anos desde 2005.

Sem EICMA este ano: Salão de Milão é adiado para 2021
Salão de Milão de 2021 será realizado em novembro, entre os dias 9 e 14 (Divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Para o Presidente do Conselho de Administração da EICMA, Pietro Meda, o Salão de 2021 terá grande valor simbólico. “Esperamos que os fãs e todo o setor de duas rodas tenham um evento incrível e possam se esquecer dessa situação difícil e excepcional. Nossa intenção é continuar protegendo a importância global de nosso evento e aumentar o vínculo com a região e as instituições que consideram o EICMA um evento essencial não apenas para o setor”, conclui.