Card image
Notícias
Saroléa começa a vender modelo elétrico de rua

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/07/2018
  • Por: Carlos Bazela

Saroléa, Manx7, moto elétrica, moto, elétrica, TT Ilha de Man, Tourist Trophy, superesportiva, superbike, Öhlins, OZ, Energica, Rizoma, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, MotoGP, Mundial de Motovelocidade A Saroléa, fabricante de motos belga que hoje se dedica a construir modelos elétricos. Pode não ter emplacado sua SP7 no Mundial de Motovelocidade, cuja categoria ecológica ficou a cargo da italiana Energica, mas nem por isso ia desistir de faturar com ela.  Recentemente, a marca confirmou que irá vender uma versão de rua da moto que participa da categoria elétrica do TT da Ilha de Man.

Batizada de Manx7, a moto traz um propulsor trifásico de corrente contínua capaz de gerar até 161 cv, que segundo a fabricante é o suficiente para leva-la a 240 km/h. O chassi é do tipo monocoque e totalmente feio em fibra de carbono, bem como a balança traseira e a carenagem. O conjunto de suspensões Öhlins completa o pacote.  As rodas são forjadas em alumínio pela grife OZ e espelhos, piscas, pedaleiras e suporte de placa feitos pela Rizoma.

Saroléa, Manx7, moto elétrica, moto, elétrica, TT Ilha de Man, Tourist Trophy, superesportiva, superbike, Öhlins, OZ, Energica, Rizoma, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, MotoGP, Mundial de Motovelocidade Limitada a apenas 20 exemplares, a Manx7 cobra pela sua exclusividade, pelos componentes de grife e também pela autonomia. Na configuração que leva uma bateria de íons de lítio de 14 kWh, a moto tem autonomia de 230 km e custa 42 975 euros, o correspondente a mais de R$ 187 mil. Já com a bateria de18 kWh, a autonomia sobe para 280 km e o preço também: 46 280 euros (mais de R$ 200 mil). Há também uma versão com bateria de 22 kWh, que pode rodar por 330 km e cobra 48 760 euros (mais de R$ 212 mil) por isso.

Os interessados em adquirir a superesportiva elétrica em qualquer uma das versões podem fazer a reserva no site da fabricante e precisam depositar um sinal de 5 000 euros, o que corresponde a quase R$ 22 mil. Mas o que é algumas notas de euro perto de tanta exclusividade sustentável, não é mesmo?

Conteúdo Recomendado

Comentários