Card image
Notícias
Salão e 13º salário são esperança do setor de duas rodas

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 11/07/2017
  • Por: Carlos Bazela

Os números do setor brasileiro de duas rodas apresentaram queda nos primeiros seis meses de 2017, de acordo como a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas e Similares). Segundo relatório divulgado pela entidade nesta terça-feira, 11, as vendas no varejo apresentaram retração de 9% em relação ao mesmo período de 2016. Ao todo, foram comercializadas 427.198 unidades contra as 469.581 do ano anterior.

O primeiro semestre de 2017 apresentou queda nas vendas

Para Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, os números devem melhorar agora. “Historicamente, o segundo semestre tem melhor desempenho de vendas. Além disso, outros fatores como o Salão Duas Rodas, o 13º salário e a chegada do verão ajudarão a fechar o ano com resultados um pouco mais satisfatórios”, comenta.

A BMW G 310 R é um dos modelos aguardados para o Salão Duas Rodas

As projeções da  associação, no entanto, indicam alta na produção até o fim do ano. A Abraciclo acredita que 2017 irá se encerrar com 2,5% mais motos produzidas do que em 2016. Mesmo este semestre tendo terminado com baixa. Foram 423.750 unidades de janeiro a junho deste ano, enquanto os primeiros seis meses do ano passado terminaram com 464.732 motos saídas da linha de montagem.

Os números de produção devem superar 2016, segundo a Abraciclo

Atacado e exportações

Já as vendas no atacado devem melhorar. “Sabemos de alguns fabricantes que o estoque das concessionárias já está estabilizando”, comenta Fermanian. No primeiro semestre de 2017, as vendas no atacado, das fábricas para as revendas, caíram 11%. Foram 402.315 motos vendidas para as concessionárias, ante 452.189 em 2016.

O volume de exportações aumentou 4,1% em relação ao ano passado

As exportações foram a alegria dos números desta primeira metade do ano, puxadas, principalmente, pela Argentina. As 32.417 motocicletas embarcadas para outros países superaram em 4,1% as 31.134 despachadas nos primeiros seis meses do ano passado.

Texto: Carlos Bazela Fotos: iStock Photos

Conteúdo Recomendado

Comentários