Card image
Notícias
Salão das Motopeças mostra setor estabilizado

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/08/2016
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">Entre os dias 17 e 20 de agosto de 2016, o </span><strong style="line-height: 1.6em;">Expo Center Norte</strong><span style="line-height: 1.6em;">, na capital paulista, recebeu </span><strong style="line-height: 1.6em;">a nona edição do Salão das Motopeças</strong><span style="line-height: 1.6em;">, idealizado e promovido pela Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças (</span><strong style="line-height: 1.6em;">Anfamoto</strong><span style="line-height: 1.6em;">) a cada dois anos — intercalando com o também bienal</span><strong style="line-height: 1.6em;"> Salão Duas Rodas</strong><span style="line-height: 1.6em;">.</span></p>

<p><img alt="No Expo Center Norte, o Salão das Motopeças recebeu profissionais do setor para negócios e conhecer novas tendências" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_2_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Com o principal objetivo <strong>fortalecer o mercado</strong>, o Salão das Motopeças reuniu nesta edição mais de 100 expositores que representam mais de 200 marcas, entre fabricantes, atacadistas, lojistas, representantes e entidades de classe do setor.</p>

<p>Na coletiva de imprensa, <strong>Orlando Leone, presidente da Anfamoto</strong>, e representantes do setor, em um discurso coerente, explicaram <strong>porque o segmento de motopeças não foi tão afetado pela atual crise econômica quanto as fabricantes de motos</strong>. As vendas de novas motocicletas caíram, e com isso, <strong>quem tem moto está investindo em sua manutenção, o que faz o setor de motopeças crescer</strong>.</p>

<p><img alt="Orlando Leone (Anfamoto), Valdenir dos Santos (Valflex) e Waldemar Medeiros (Soretto), na coletiva de imprensa" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_10_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Explicaram também a necessidade da <strong>redução da tributação fiscal para aumentar a competitividade das empresas brasileiras</strong>, e deixaram claro que<strong> não querem imposto zero</strong>, apenas um<strong> imposto justo </strong>e equiparado ao que produtos importados (grandes concorrentes) pagam. </p>

<p><img alt="Na Rinaldi, novas medidas para o modelo HB 37" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_7_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Na <strong>Rinaldi</strong>, novas aplicações do pneu <strong>HB37</strong>, para uso sem câmara e com design esportivo, além de sessões de autógrafos com pilotos patrocinados pela marca, que se revezaram nos dias do evento. A <strong>Taurus</strong>, fabricante brasileira de capacetes, se reestruturou, criando quatro novas (sub)marcas de capacetes: <strong>San Marino</strong>, <strong>Lucky</strong>,<strong> Bullitz</strong> e<strong> Urban</strong>, a mais estilosa, que deverá agradar os usuários de motos custom e retrô.</p>

<p><img alt="Na Taurus, a estilosa linha Urban foi o destaque" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_3_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A paranaense <strong>Pro Tork</strong>, com sua vasta gama de produtos (mais de 18 mil itens), também chamou a atenção dos visitantes com o maior estande do evento e novidades, como os capacetes off-road infantis. A <strong>Bosch</strong>, referência nas quatro rodas, foi um dos destaques em sua segunda participação no Salão, com a <strong>linha moto sendo expandida</strong> com novos kits de bombas de combustível e patim de freio. A marca promete um crescimento sólido nos próximos anos.</p>

<p><img alt="A Bosch aumentou sua linha de produtos da linha moto e tem novas ações planejadas para o setor" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_11_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Sentimos falta nesta edição de algumas marcas, como<strong> Levorin</strong> e <strong>BR Motorsport </strong>(distribuidora das marcas LS2, Dainese, AGV, Race Tech, Fox e NoRisk). Uma curiosidade: entre um estande e outro, conhecemos <strong>Gunit Raj Singh</strong>, do Grupo Eastman, <strong>que veio da India para encontrar empresários brasileiros</strong> interessados em revender seus pneus e câmaras de ar para motos ou interessados em ter estes itens fabricados por ele no exterior.</p>

<p>Gunit é apenas um dos estrangeiros que visitam o <strong>Salão das Motopeças </strong>buscando novos parceiros e comprovando a importância do evento.</p>

<p><img alt="Três gerações de farol da Honda CG, modelo favorito das motopeças" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_5_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p> Participando pela primeira vez do evento, <strong>Renato Borilli</strong>, diretor da <strong>Borilli Racing</strong>, fabricante de pneus off-road, celebra os bons resultados obtidos. “Nós fechamos parcerias com mais de seis Estados e ainda conseguimos concluir uma <strong>parceria para exportação na América Latina</strong>. Posso dizer que participar do Salão das Motopeças foi um marco para a nossa empresa, pois, <strong>além de conhecermos pessoas, elas também nos conheceram</strong>. Com certeza estaremos presentes no próximo evento”, adianta Burilli.</p>

<p><img alt="A Distribuidora Montanna mostrou sua gama exclusiva de produtos" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_8_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Esta também foi a primeira vez da <strong>Embus Illion</strong> no evento. “<strong>O salão das motopeças abriu muitas portas para a nossa empresa</strong> e ampliou a divulgação de nossos produtos perante os visitantes”, afirma <strong>Kelly Cristina</strong>, gerente comercial da empresa. <span style="line-height: 1.6em;">De modo geral, os </span><strong style="line-height: 1.6em;">expositores acreditam que o mercado deve voltar a se aquecer nos próximos meses</strong><span style="line-height: 1.6em;">, e admitem que <strong>o Salão tem papel crucial para ajudar no crescimento. </strong></span></p>

<p><img alt="O foco do Salão são as motopeças, onde as motos viram vitrine" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_9_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Para finalizar, deixamos aqui duas <strong>sugestões para a próxima edição</strong>: </span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;"><strong>1)</strong> Aproveitar o auditório, que é utilizado apenas na cerimônia de abertura, para<strong> promover junto às marcas um ciclo de palestras técnicas gratuitas aos visitantes</strong>, como faz a Automec, feira do setor de autopeças. Os <strong>profissionais do setor ainda são carentes de acesso a informações técnicas precisas</strong> e uma iniciativa como essa seria uma grande contribuição ao setor, além de ser <strong>um atrativo extra para os profissionais visitarem o evento</strong>.</span></p>

<p><img alt="Criatividade para divulgar o alarme, na Make Safe" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_salao_das_motopecas_2016_6_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;"><strong>2)</strong> Abrir um dia extra (no caso, domingo) permitindo o acesso do cliente final, o motociclista, como ocorria quando o evento era realizado junto ao Salão da Motocicleta. Sem dúvida, isso <strong>ajudaria na consolidação das marcas junto aos motociclistas</strong>, e tornaria o sucesso do evento ainda maior. <strong>O mercado agradece.</strong></span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários