Card image
Notícias
Rumor: Honda estuda Rebel com motor da Africa Twin

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 16/04/2020
  • Por: Willian Teixeira

Rumores que circulam na imprensa internacional indicam que a Honda tem planos de lançar uma versão mais potente da custom Rebel. Na Europa ela é vendida com um propulsor derivado da CB 500, um bicilíndrico de 471 cm³ com refrigeração líquida e 4 válvulas por cilindro com potência de 46,2 cv a 8.500 rpm. Em outros mercados ela também está disponível com motorizações menores. No Japão, por exemplo, ela usa motor de 250 cm³.

Porém, de acordo com fontes internacionais, a marca da asas da liberdade estuda lançar uma versão de sua custom com o motor da Africa Twin, de dois cilindros paralelos e 1.084 cm³, capaz de entregar 102 cv a 7.500 rpm e um torque máximo de 10,7 kgf.m a 6.250 rpm.

Honda Rebel
Honda Rebel 500: será que vem uma versão com um motor maior por ai? (Divulgação)

Veja também:
Renomadas no exterior, desconhecidas no Brasil (parte 2)
Suzuki Katana pode ter novas opções de cores
Empolgantes, novas Honda CB 650 partem de R$ 37.900

É o mesmo usado na nova geração da big trail lançada na Europa ano passado, mas com modificações para deixá-lo com mais torque em média rotação, o que resultaria em perda de potência, que recuaria para a faixa dos 94 cv. Ela também pode ganhar um novo chassi e recursos como controle de tração em curvas, assistências eletrônicas, câmbio DCT e ABS, itens que não estão presentes na Honda Rebel 500.

Honda Rebel 1100 pode usar motor da Africa Twin
Honda Rebel 1100 pode ter motor da Africa Twin, que foi renovada na Europa ano passado (Divulgação)

Caso os rumores sejam confirmados, a nova moto da Honda deve se chamar Rebel 1100, sendo a aposta da marca para concorrer no exterior com modelos como para concorrer com Harley-Davidson Sportster 1200 e Indian Scout. A apresentação está prevista para o Salão de Milão, e a moto deve custar em torno de 10 mil libras, ou cerca de R$ 65.000 em conversão direta.

A Honda Rebel 500 não está no portfólio de produtos oferecidos pela marca no Brasil. Por enquanto, sua participação por aqui resume-se ao Salão Duas Rodas 2017, quando a moto foi uma das atrações do estande da Honda no evento.