Notícias
  • 05/02/2021
Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

4 Minutos de leitura

  • Publicado:
  • Por: Willian Teixeira

O Falcão Peregrino está de volta: após fazer um pouco de mistério com teasers, a Suzuki revelou a nova geração da poderosa GSX1300R Hayabusa em um evento virtual. Usando como ponto de partida a versão anterior, os engenheiros da marca de Hamamatsu aprimoraram a esportiva japonesa para que ela pudesse retornar de forma triunfal.

Lançada em 1999, a Suzuki Hayabusa chega a sua terceira geração trazendo mudanças no design, revisado para fornecer melhor eficiência aerodinâmica e resfriamento do motor. Seu novo design traz linhas maias retas e modernas, sem perder o estilo inconfundível. Ela ganhou aletas aerodinâmicas que são parcialmente integradas na carenagem lateral, o que contribui para melhor dispersão do calor e estabiliza a moto em altas velocidades.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

A Hayabusa preservou o motor de 1.340 cm³ com quatro cilindros em linha refrigerado a líquido e comando de válvulas com distribuição dupla, agora homologado para as normas Euro5. Diversos itens do motor foram redesenhados ou reposicionados, como pistões, bielas, virabrequim, comando de válvulas, sistemas de escape e admissão.

Os valores de potência tiveram uma pequena queda, de 197 cv a 9.500 rpm para 190 cv a 9.700 giros, enquanto o torque máximo foi reduzido de 15,8 kgf.m a 7.200 rpm para 15,2 kgf.m a 7.000 rotações. Apesar dessas reduções, a Hayabusa ficou mais rápida nas acelerações. indo de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos, enquanto a velocidade máxima permaneceu em 299 km/h.

Veja também:
Suzuki SV650 2021 ganha motor Euro5 e novas cores
Confira as 20 motos mais emplacadas em janeiro
Conheça as vencedoras da 22ª edição do Moto de Ouro

O chassi também foi revisado, combinando viga dupla de alumínio e braço oscilante do mesmo material. As suspensões são assinadas pela Kayaba e utilizam garfo invertido na dianteira e monoshock atrás, totalmente ajustável. Elas foram desenvolvidas para proporcionar maior estabilidade sem comprometer a pilotagem.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

Os freios utilizam pinças Brembo Stylema com quatro pistões e discos duplos de 320 mm na dianteira, enquanto na traseira o sistema é da Nissin e utiliza pinça de pistão único. A Hayabusa 2021 dispõe de ABS em curvas e novas rodas raiadas de 17 polegadas que são calçadas com pneus Bridgestone Battlax Hypersport S22 nas medidas 120/70 na frente e 190/50.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

Entre os destaques da nova Suzuki Hayabusa está a eletrônica, que ficou mais sofisticada. Ela ganhou uma unidade de medição inercial de 6 eixos da Bosch e o sistema Suzuki Intelligent Ride System, que inclui diversos controles eletrônicos que ajudam na pilotagem da moto. O Suzuki Drive Mode Selector (SDMS) permite ao piloto selecionar entre três configurações pré-definidas (Active, Basic e Comfort) e três personalizáveis.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

A moto também recebeu controle de tração e anti-wheelie, controle de freio motor (que pode ser desativado), limitador de velocidade, controle de arrancada com 3 níveis, Low RPM Assist (que estabiliza a velocidade nas partidas), Easy Start System (que estabiliza as rotações na partida e durante a condução em baixa velocidade) e controle de cruzeiro.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Ela ainda conta com acionamento automático dos piscas em caso de desacelerações fortes, sistema que se aciona somente em velocidades acima dos 55 km/h. O sistema de iluminação é full-LED. Todas essas informações são exibidas em uma tela TFT posicionada no centro do painel, entre o conta-giros e o velocímetro, que são analógicos, assim como os mostradores de combustível e temperatura.

Renovada, Hayabusa 2021 é apresentada pela Suzuki

A Suzuki Hayabusa 2021 será oferecida em três combinações de cores: Glass Sparke Black / Candy Burnt Gold Metallic Matt Sword Silver / Candy Daring Red. Ela chega às concessionárias europeias a partir de março por 19.640 euros, cerca de R$ 126 mil em conversão direta.

No Brasil, a Hayabusa é oferecida na versão antiga – a da foto abaixo – como linha 2021 e custa cerca de R$ 79 mil. Quem sabe a Suzuki não nos surpreende com o novo modelo em breve? Vamos aguardar!

Conteúdo Recomendado

Comentários