Card image
Notícias
Produção cresce 11,6% em agosto, mas mercado piora

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 04/09/2015
  • Por: admin

<p><img alt="Apesar do crescimento da produção, o mercado continua recuando" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/honda2_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p> </p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">A notícia do aumento na produção parece boa, mas infelizmente a historia não é bem assim. Apesar do levantamento divulgado pela ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, em que a produção de motocicletas cresceu 11,6% em agosto, com 114.162 unidades produzidas, a situação do segmento de duas rodas continua bastante difícil.</span></p>

<p>Isso porque em comparação com o mesmo período do ano passado, o que houve foi uma queda de 12%. No acumulado do ano, a retração também é grande. Segundo a entidade, ela é de 11,9%, passando de 1.038.714 motocicletas, em 2014, para 914.752, em 2015.</p>

<p>Nas vendas das fábricas para suas concessionárias (atacado) houve um crescimento mensal de 8,8%, porém, se comparado ao mesmo período do ano passado, a situação se inverte, com uma retração de 15,7%. Já no varejo, das lojas para o consumidor, 99.854 motocicletas vendidas, representando um recuo de 7,3% ante julho, e 10,3 % em relação ao mesmo período de 2014.</p>

<p>Embora represente uma fatia muito pequena da produção nacional, as exportações do mês de agosto alcançaram 9.347 operações, o que representa alta de 9% frente a julho do presente ano (8.574).Contudo, se comparado com o oitavo mês de 2014 (9.528 motocicletas), o que se vê é mais um recuo, dessa vez de 1,9%. Na comparação do acumulado de 2015 com 2014, o índice de motocicletas exportadas apresenta expressiva queda de 42,1%, passando de 62.446 para 36.162 unidades.</p>

<p>Segundo Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, “tradicionalmente, o segundo semestre é melhor que o primeiro. Além do período de férias e décimo terceiro salário, a realização de eventos estimula o mercado. O Salão Duas Rodas, por exemplo, programado para os dias 7 e 12 de outubro, no Anhembi, em São Paulo (SP), trará novidades e lançamentos que incentivará os consumidores e deverá impactar positivamente nos resultados para o segmento”. </p>

Conteúdo Recomendado

Comentários