Card image
Notícias
Novidade no Brasil, Honda Africa Twin recebe atualizações na Europa

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/09/2019
  • Por: Willian Teixeira

A Honda apresentou a nova geração da Africa Twin na Europa. Ela chega às concessionárias da marca no velho continente ainda em 2019, nas versões CRF 1100 L Africa Twin e CRF 1100 L Africa Twin Adventure Sports. A big trail passou por atualizações tecnológicas e está mais leve e com motor de maior cilindrada que atende as normas de emissão e ruídos do Euro 5, que entram em vigor a partir de 2020.

O lançamento estava previsto para o Salão de Milão (EICMA), em novembro, mas a marca se antecipou e divulgou informações da motocicleta. O principal destaque fica com o propulsor de dois cilindros, que teve potência aumentada de 998 cm³ para 1.084 cm³. Inclusive isso provocou uma mudança no nome do modelo, que deixou de ser conhecido como CRF 1000 L, passando a se chamar CRF 1100 L.

Recém-lançada no Brasil, Africa Twin ganha atualizações na Europa (Divulgação)

Veja também:
Com novas cores e grafismos, Honda lança linha 2020 do NC 750X
Maxiscooter Honda X-ADV 2019 chega por R$ 55.998

Honda GL 1800 Gold Wing: De boa no asfalto

Com as modificações, feitas por conta das novas normas europeias, ele teve sua potência máxima elevada em 7%, para 102 cv a 7.500 rpm, enquanto o torque máximo subiu 6%, para 10,7 mkgf. Agora o motor conta com camisas em alumínio nos cilindros e nova válvula no comando de escape.

O quadro é montado em um sub-quadro em alumínio que é parafusado, em vez de ser soldado ao quadro principal, como na geração anterior. A nova balança, que também é de alumínio, é baseada na da CRF 450, ficando mais leve e com melhor tração traseira.

Versão Adventure Sports tem para-brisa maior e manoplas aquecidas de série (Divulgação)

No que diz respeito às melhorias na parte eletrônica, a nova geração da Africa Twin possui quatro modos de condução pré-definidos (Tour, Urban, Gravel e Off-road), ou seja e dois em que o condutor consegue configurá-los de acordo com suas preferências e necessidades.

Além disso, o modelo conta com uma Unidade de Medição Inercial (IMU), que é responsável por monitorar seis eixos de inclinação. Ela permitiu que a motocicleta pudesse receber controles de levantamento das rodas dianteira e traseira, além de ABS que se adapta as curvas e cruise control.

Nova Africa Twin tem quatro modos de pilotagem pré-definidos e dois que podem ser customizados (Divulgação)

O painel de TFT e 6,5 polegadas é sensível ao toque e as informações da tela podem ser personalizadas pelo usuário, além de ter integração ao Apple Car Play e conectividade por bluetooth. Com isso, é possível fazer e receber ligações e ouvir as músicas por meio dos aplicativos instalados no smartphone.

Painel de TFT tem tela de 6,5 polegadas e informações podem ser personalizadas pelo condutor (Divulgação)

A versão Adventure Sports conta com maior tanque de combustível, que comporta 24,8 litros, contra 18,8 litros da versão normal. Ela tem um para-brisa com cinco níveis de regulagem e manoplas aquecidas de série, enquanto o da Africa Twin normal é mais curto. Ambos modelos oferecem transmissão de dupla embreagem como opcional.

Pintura inspirada na clássica XRV650 está apenas na versão Adventure Sports, que também tem uma versão preta (Divulgação)

Desde seu lançamento, em 2016, o modelo já teve mais de 87.000 unidades vendidas. Por enquanto a versão brasileira, que foi lançada por aqui em agosto, não receberá as atualizações.

As duas versões oferecem transmissão de dupla embreagem como opcional (Divulgação)

A CRF1100L Africa Twin estará disponível nas cores Vermelho Grand Prix Red e Preto Ballistic Metalizado Mate, complementadas duas por um velo sub-quadro vermelho. Já a versão Adventure Sports terá o acabamento tricolor Branco Pérola Glare, inspirado na clássica XRV650, e em Preto Metalizado Darkness.

Nova Honda Africa Twin chega às lojas europeias ainda em 2019 (Divulgação)

Conteúdo Recomendado

Comentários