Card image
Notícias
Nova Suzuki Katana aparece por inteiro em teaser

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/09/2018
  • Por: Carlos Bazela

Acabou o segredo. A Suzuki vem revelando aos poucos a nova Katana, que será apresentada ao mundo semana que vem, durante o Intermot, o Salão de Colônia, na Alemanha. Mas, ao que parece, a marca japonesa não aguentou seu próprio suspense e mostrou a moto inteira no último vídeo teaser da campanha. Veja abaixo:

É uma aparição bem rápida, com a moto fazendo uma curva na estrada. Mas, é suficiente para confirmar muitas suspeitas e especulações que viemos fazendo aqui na MOTOCICLISMO nesse último mês. Começando pelo design. A moto é realmente uma esportiva semi-carenada e encarna o espírito de releitura da Katana original. Só que com linhas mais modernas.

Veja também:
Suzuki vai apresentar nova Katana no Intermot
Suzuki pode trazer Katana de volta com motor turbo
Suzuki GSX-S750A chega ao Brasil

Suzuki Katana, Suzuki, Katana, turbo, Recursion, GSX 700T, motos, esportiva, naked, Stratosphere, Hayabusa, EICMA, Salão de Milão, Intermot, Salão de Colônia, Tokyo Motor Show, GSX-S 1000, GSX-S 750, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo

Na frente, ainda vemos dois pequenos “pontos de luz” que sevem de iluminação de apoio ao grande farol quadrado, como acontece nas motos da família GSX-S 1000. Na traseira, duas pequenas colunas de LED fazem as vezes da luz de posição e a rabeta tem desenho livre, com o suporte de placa deslocado para próximo do pneu. A peça é presa por um prolongador na balança e segue as tendências visuais europeias mais recentes.

Quatro cilindros

Pelo que o vídeo teaser revela, a nova Katana vai se manter fiel ao modelo original também na arquitetura do motor. Os canos na frente do propulsor dão a impressão de um quatro cilindros em linha. Mas, infelizmente, o som da moto ainda aparece um pouco abafado para que possamos afirmar com certeza de que a tecnologia turbo do conceito Recursion foi incorporado nessa nova moto.

Suzuki Katana, Suzuki, Katana, turbo, Recursion, GSX 700T, motos, esportiva, naked, Stratosphere, Hayabusa, EICMA, Salão de Milão, Intermot, Salão de Colônia, Tokyo Motor Show, GSX-S 1000, GSX-S 750, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo

O mais seguro é apostar que a esportiva emprega o mesmo motor da família GSX-S. Só resta saber se será de um litro – ou 1 100 cm³ como era a antiga Katana – ou de 750 cm³, um número que vem trazendo sucesso para a Suzuki há muitos anos.

Se optarem pela versão maior, estamos falando de um tetracilíndrico de 999 cm³ DOHC de arrefecimento líquido e capaz de gerar até 150 cv a 10 000 rpm e com torque máximo de 11 kgf.m disponíveis nos 9 500 giros. Agora, se for o da GSX-S 750, são 749 cm³, potência de 114 cv a 10 500 rpm e torque de 8,26 kgf.m a 9 000 rpm.  Em uma semana, teremos a resposta.

Conteúdo Recomendado

Comentários