Card image
Notícias
Norton anuncia desenvolvimento de motos elétricas

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 17/06/2022
  • Por: Willian Teixeira

A Norton vai ingressar no nicho das motos elétricas. A marca inglesa, que foi adquirida pelos indianos da TVS em 2020, anunciou sua adesão a uma iniciativa do governo britânico que tem como propósito reduzir as emissões no Reino Unido.

Segundo a Norton, as atuais motos elétricas não oferecem autonomia e desempenho ideais, pois são pesados devido à bateria, que também acaba comprometendo o design do produto. A marca, em seu comunicado, destaca que fará suas motos elétricas seguindo o seu DNA, ou seja, elas terão desempenho esportivo, uma boa autonomia e pilotagem confortável. 

Norton anuncia desenvolvimento de motos elétricas

LEIA MAIS:
Conheça a TVS Zeppelin, a moto híbrida revelada na Índia

Bajaj oficializa início de suas atividades no Brasil
Lambretta comemora 75 anos e apresenta duas novidades

Segundo Robert Hentschel, CEO da Norton Motorcycles, o projeto marca o início de uma  nova fase da marca. “É o início de nossa jornada de eletrificação, cumprindo nosso plano de produtos de dez anos. A Norton é um exemplo de luxo e não tem medo de desafiar o estado atual das coisas, inovando para o futuro da mobilidade e mantendo-se fiel à nossa herança britânica. Além disso, também estamos focados em apoiar o Reino Unido em sua missão para um futuro automotivo zero emissões”.

Ian Constance, CEO da APC, seguiu a mesma linha de Hentschel e acrescentou. “Os projetos não estão reimaginando apenas os veículos, mas o transporte em geral. A Norton é uma marca britânica icônica com uma história orgulhosa, desde a fabricação de motocicletas até o apoio ao esforço da Segunda Guerra Mundial para o desenvolvimento da primeira superbike de produção do mundo, eles agora estão olhando para o futuro com uma motocicleta elétrica que terá autonomia e desempenho, além de fortalecer a indústria britânica, empregando profissionais qualificados.” 

Norton anuncia desenvolvimento de motos elétricas

Para entregar o projeto de sua primeira moto elétrica, a Norton terá seis parceiros britânicos para ajudá-la com componentes específicos, como baterias, motores, chassis, líquidos para arrefecimento e carregadores. Entre eles estão Delta Cosworth, HiSpeed ​​Limited, Formaplex Technologies, M&I Materials, INDRA e a WMG – Universidade de Warwick – que também colaborou com a Triumph no projeto TE-1, que deve dar origem a primeira moto elétrica da fabricante de Hinckley.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Ainda não existem informações sobre a aparência da moto elétrica da Norton, visto que o projeto acabou de ser anunciado e está em estágio inicial, mas sempre que houverem novidades, nós publicaremos aqui em nosso site e nas mídias sociais da MOTOCICLISMO Online Brasil.

Conteúdo Recomendado

Comentários