Card image
Notícias
Motus Motorcycles encerra operações nos EUA

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/09/2018
  • Por: Carlos Bazela

Marca Motus encerra operações nos EUA

A marca norte-americana Motus Motorcycles irá encerrar suas operações depois de dez anos de existência. Segundo o comunicado oficial em sua página no Facebook, postado na última sexta-feira, 31, a fabricante recebeu na última semana a notícia de que seus investidores não irão mais prover o capital necessário para que o negócio continue. A marca ainda afirma que o momento é ruim pois já estavam com um novo modelo engatilhado.

“Estamos surpresos e desapontados, especialmente porque estávamos trabalhando duro preparando o lançamento de um produto agora, em outubro em um novo e empolgante segemento”, diz a nota. Contudo, esse pode não ser o ponto final na história da Motus. “Vamos trabalhar para encontrar rapidamente um novo caminho para a Motous Motorcycles e nossa divisão de propulsores ‘American V4’”, reitera o comunicado.

Marca Motus encerra operações nos EUA

Veja também:
Curtiss Motorcycles anuncia moto V8 elétrica
Confederate apresenta sua última moto
Kawasaki Ninja H2 SX já tem preço nos EUA

A Motus, cuja base ficava em Birmingham, no Alabama – mesma cidade da Curtiss Motorcycles – se tornou conhecida lá em 2012, quando apresentou, já como modelo de produção, a sport-touring MST. Equipada com um motor V4 transversal (semelhante aos da Moto Guzzi, mas com quatro cilindros) DOHC de 1 650 cm³ e arrefecimento líquido, a moto vinha em duas versões: Standard, com 160 cv de potência e “R”, que chegava aos 180 cv. O câmbio é de seis marchas com dual-overdrive, para suavidade em viagens longas.

Requintada, a MST vinha com painel TFT, acelerador eletrônico, para-brisa e garfo dianteiro Öhlins ajustáveis, além de malas laterais removíveis e piloto automático como itens de série. Na versão “R”, a cavalaria extra ainda recebia componentes melhorados pelas grifes Brembo, nos freios e Öhlins, na suspensão traseira.

O preço, contudo, acompanhava o requinte da moto: 30 975 dólares (quase R$ 130 mil) para a standard e 36 975 para a versão “R”, o que corresponde a mais de R$ 150 mil. Para se ter ideia, a tecnológica Kawasaki Ninja H2 SX, que acaba de aportar no Brasil custa por volta de 22 mil dólares, pouco mais de R$ 90 mil.

Fotos: Reprodução Facebook

Conteúdo Recomendado

Comentários