Card image
Notícias
Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/12/2020
  • Por: Willian Teixeira

A clássica Moto Guzzi V7 está mais forte e com alguns itens redesenhados na linha 2021, mas preservando o estilo que a consagrou em seus quase 50 anos de história. A motocicleta italiana segue equipada com um motor de dois cilindros em V longitudinal refrigerado a ar com capacidade cúbica aumentada de 744 cm³ para 850 cm³. Esse motor, que foi atualizado e é baseado no da V85 TT, é o bloco mais recente construído pela Moto Guzzi.

Com as atualizações, o propulsor ganhou mais potência, subindo de 52 cv para 65 cv, enquanto o torque, que era de 6 kgf.m, passou para 7,3 kgf.m, sendo que mais de 80% desse torque está disponível em 3.000 giros. A transmissão final é por cardã. Ela ainda ganhou novos amortecedores com curso maior, reforços de aço no quadro, além de selim de altura dupla e apoios para os pedais do piloto para incrementar a estabilidade e o conforto.

Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021

Veja também:
Quiz MOTOCICLISMO: motocicletas italianas
Alpine e MV Agusta lançam série especial da Superveloce
Ducati do Brasil registra recorde de vendas em novembro

As alterações estéticas da Moto Guzzi V7 2021 estão no escape, farol (que recebeu Iluminação full-LED e DRL integrado), lanternas, painéis laterais e paralamas. O painel de instrumentos também foi renovado, trazendo tela LCD e preservando o visual retrô em um único mostrador circular.

Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021

A nova Moto Guzzi V7 está disponível em duas versões: Stone e Special. A primeira está disponível nas cores azul, preto e laranja, enquanto a segunda vem na nova cor Blu Formale em contraste com cinza. Outra diferença entre as versões está nas rodas: a Stone traz aros em alumínio e pneu 150/70 mais largo na traseira, enquanto a Special vem com rodas raiadas, reforçando seu visual clássico.

  • Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021
  • Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021
  • Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021
  • Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021
  • Moto Guzzi V7 fica mais forte na linha 2021

Ela chega à Europa no início de 2021, com os preços ainda em definição. No Brasil a marca italiana não tem representação oficial, mas no mercado argentino o modelo deve ser oferecido, visto que os hermanos possuem um distribuidor, a Motoplex.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter