Card image
Notícias
Mob-ion: primeiro scooter francês movido a hidrogênio

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 27/05/2022
  • Por: Guilheme Derrico

A Mob-ion continua sua ofensiva no mercado de scooters com uma proposta inovadora e ecológica. Depois de lançar a AM1, que se destina a ser durável, além de ser fabricado na França, a marca quer ser a primeira a comercializar um scooter movido a hidrogênio!

Inegavelmente, o hidrogênio é uma das maiores promessas em termos de combustível para os próximos anos. Uma energia verde de alto desempenho e com zero emissões, mas que, acima de tudo, ainda é difícil de se utilizar, especialmente em veículos de duas rodas.

Um desafio que não assusta a empresa francesa nesse sentido, já que atualmente ela desenvolve dois modelos diferentes, um em associação com a STOR-H Technologies, e outro com o seu novo parceiro, a Pragma Industries, especialista no design e produção de baterias motores compactos a hidrogênio.

Mob-ion: hidrogênio é o futuro!

Dessa forma, a versão de hidrogênio do AM1 é feito com a benção das autoridades públicas para um scooter que não se destina a viagens longas, e por boas razões.

Como no momento apenas 15 km de autonomia por célula a combustível de hidrogênio foram concebidos, a H2 desenvolvida com a STOR-H será destinada apenas à mobilidade urbana.

Ainda não há informações sobre a autonomia da AM1 de hidrogênio desenvolvida com a Pragma, mas dois modelos já estão previstos para maio de 2023, uma equivalente a 50 cm³, assim como outra a 125 cm³, com garantia de 4 anos.

O objetivo desta última é integrar frotas de veículos, para os quais também serão fornecidos postos de abastecimento de hidrogênio.

  • Mob-ion AM1, o scooter francês movido a hidrogênio

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Conteúdo Recomendado

Comentários