Card image
Notícias
Max Biaggi atinge 455,737 km/h com uma moto elétrica

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 27/12/2021
  • Por: Guilheme Derrico

O piloto italiano Max Biaggi voltou a aprontar das suas: pilotando uma moto elétrica Voxan Wattman no Centro Espacial Kennedy ele atingiu os 455,737 km/h e bateu o recorde de velocidade em máquinas desse tipo. O campeão mundial de Superbike e das 250 cc ajudou a marca a desenvolver essa motocicleta elétrica, que foi feita especificamente para mostrar a capacidade delas.

O feito foi atingido no dia 22 de novembro. De acordo com os regulamentos da Federação Internacional de Motociclismo, a medição da velocidade foi realizada a partir de um arranque em movimento e ao longo de 1 km, em direções opostas, e com um tempo máximo de duas horas para cumprir os dois trajetos. O resultado final é a velocidade média destes dois trajetos.

Mais impressionante ainda foi o fato do GPS instalado na Voxan Wattman ter registado uma velocidade máxima instantânea de 470,257 km/h. Isto significa que, em breve, a barreira dos 500 km/h para motos elétricas poderá ser batida.

Para delírio dos fãs da MOTOCICLISMO, conseguimos o vídeo desta saga.

Acompanhe:

Em reação ao sucesso desta missão, Gildo Pastor, presidente do grupo Venturi que detém os direitos da Voxan, afirmou que mais recordes virão por aí. “Em menos de um ano, conseguimos reduzir o peso da moto e aumentar a potência, e ao mesmo tempo melhorar a estabilidade. Depois dos recordes de novembro de 2020 na categoria acima dos 300 kg, tivemos 21 novos recordes, o que representa muito para o grupo Venturi, para o Max Biaggi e para os nossos valiosos parceiros. Estou satisfeito por pensar que a experiência adquirida aqui vai contribuir para a ecomobilidade”, comentou o executivo.

  • Max Biaggi bate novo recorde mundial com uma moto elétrica

E você, o que achou da velocidade atingida pelo experiente piloto? E falando nisso, já teve a oportunidade de ver ou conduzir uma moto elétrica? Conta pra gente nos comentários!

Conteúdo Recomendado

Comentários