Card image
Notícias
Maior e mais potente, MT-10 é lançada pela Yamaha

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/11/2021
  • Por: Willian Teixeira

A gama Master of Torque, da Yamaha, é composta por motos de várias categorias, desde produtos de baixa cilindrada para iniciantes como a MT-15 até a musculosa MT-10, para os mais experientes e loucos por adrenalina. E a maior e mais potente moto da família MT recebeu atualizações importantes para a linha 2022, conforme a MOTOCICLISMO noticiou há alguns dias.

O modelo, cuja chegada era esperada para o EICMA mas foi antecipada em algumas semanas pela marca dos diapasões, passa a ter o visual adotado nas demais motos da gama MT que são oferecidas lá fora, além de contar com motor aprimorado, mais potente e adequado as normas de emissões previstas no Euro5.

O propulsor da supernaked da Yamaha é o Crossplane CP4, usina derivada da R1 que desenvolve mais potência e melhor entrega de torque. Com refrigeração líquida, ele ganhou novos pistões de alumínio forjado, bielas reforçadas e um novo tratamento dos cilindros para garantir mais eficiência e performance, passando a entregar 164 cv a 11.500 rpm e 11,4 kgfm de torque a 9.000 rpm.

A injeção de combustível também foi remapeada para oferecer um torque linear entre 4.000 e 8.000 rotações, enquanto o escape em titânio e o sistema de admissão foram redesenhados, visando melhorar as respostas e conferir um ronco especial para a MT-10.

Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022

Leia mais:
Triumph lança edição especial da musculosa Rocket 3
Yamaha MT-07, dócil e agressiva ao mesmo tempo
Veja as motos mais vendidas em outubro

Seu chassi é do tipo Deltabox, com tecnologia derivada da R1, que confere mais agilidade e estabilidade na pilotagem. A suspensão dispõe de garfo dianteiro KYB de 43 mm totalmente ajustável com curso de 120 mm, enquanto na traseira o sistema usa amortecedor KYB com diversos níveis de ajuste.

  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022
  • Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

As rodas da MT-10 são em alumínio e possuem 17 polegadas, calçadas com pneus Bridgestone Battlax Hypersport S22 nas medidas 120/70 na frente e 190/55 atrás. Os freios, assinados pela Brembo contam com discos flutuantes duplos de 320 mm com pinças de 4 pistões, os mesmos da R1, mas com um novo cilindro mestre de freio radial que também é da marca italiana. Já na traseira é utilizado disco único de 220 mm com pinça simples.

A maior moto da gama Master of Torque ainda possui recursos como controle de cruzeiro, quickshifter bidirecional e embreagem deslizante.

Yamaha MT-10: mais potente na linha 2022

Ainda no que se refere à eletrônica, a MT-10 traz de série controle de tração, deslizamento, empinada e gerenciamento de freio motor, além de acelerador eletrônico que permite ao piloto escolher entre quatro modos de pilotagem diferente, além de limitador de velocidade, item que antes era oferecido apenas como opcional. Todas as informações podem ser acompanhadas em um painel de instrumentos digital com tela em TFT de 4,2 polegadas.

Disponível em quatro opções de cores, a nova geração da MT-10 ainda não teve seu preço revelado pela Yamaha, mas especula-se que a supernaked será vendida na Europa por pelo menos 16 mil euros, cerca de R$ 100 mil em conversão direta. Vale a pedida? Deixe sua opinião nos comentários!

Conteúdo Recomendado

Comentários