Card image
Notícias
KTM amplia família 890 com a nova 890 Adventure

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 23/10/2020
  • Por: Willian Teixeira

A KTM apresentou a nova 890 Adventure, modelo que chega para aumentar a família 890 da fabricante austríaca, que teve a naked 890 Duke como primeiro produto.

A novidade da marca de Mattighofen estará disponível no mercado europeu a partir de dezembro em três versões: Standard, Adventure R e Adventure R Rally, sendo que a última é uma edição especial desenvolvida em cooperação com os pilotos da equipe oficial de rally da KTM e terá apenas 700 unidades produzidas, sendo 500 para a Europa e 200 destinadas ao mercado norte-americano.

KTM 890 Adventure (Divulgação)

Veja também:
Suzuki estuda mais uma V-Strom de baixa cilindrada
Honda NXR 160 Bros, quase um tanque de guerra
KTM 390 Duke: mobilidade com diversão e adrenalina

A nova KTM 890 Adventure vem equipada com um motor de dois cilindros e 889 cm³ que entrega 105 cv de potência máxima e torque de 10.1 kgf.m, o mesmo usado na naked 890 Duke, mas otimizado para a proposta aventureira da motocicleta. A usina conta com maior taxa de compressão, válvulas de admissão e escape de maior diâmetro, novo comando de válvulas, pistões mais leves e virabrequim retrabalhado para dar mais potência.

KTM 890 Adventure R e R Rally (Divulgação)

A embreagem da nova KTM 890 Adventure foi refinada e reforçada para conferir melhor desempenho nas mudanças de marcha e suportar o ganho de potência e torque do motor, que é compatível com as normas Euro5. Falando em transmissão, o quickshifter – item opcional para a Standard e de série nas outras versões – também foi atualizado, proporcionando mais agilidade nas trocas.

A KTM 890 Adventure “herda” muitos itens utilizados na geração anterior, a 790 Adventure, principalmente no que se diz respeito ao quadro, subchassi, braço oscilante e carroceria, o que lhe garante leveza na pilotagem em relação a outras motocicletas do tipo. Ela ainda conta com freios ABS e discos duplos de 320 mm mordidos por pinças radiais na dianteira. Já na traseira é usado um disco simples de 260 mm. O painel é multifuncional com tela em TFT e comandos que podem ser modificados pela manopla esquerda, enquanto a iluminação da moto é em LED.

Algumas diferenças entre os modelos estão presentes nas suspensões, assinadas pela WP. A Standard utiliza itens da linha Apex, enquanto na Adventure R ela dispõe de garfo invertido XPLOR na dianteira e amortecedor XACT PDS na traseira. Já a Adventure R Rally vem com todos os equipamentos da linha XPLOR Pro, totalmente reguláveis. Outra diferença está nas rodas, uma vez que a Standard vem com pneus de uso misto e as demais “calçam” modelos off-road, com câmara.

A KTM 890 Adventure R Rally conta com assento reto e mais alto e configurado para competição, a 910 mm em relação ao solo, enquanto nas demais versões essa distância é menor (880 mm). Outro diferencial dessa versão é o escape, que conta com ponteira Akrapovic, 35% mais leve do que a peça usada nas “irmãs”.

A versão exclusiva ainda dispõe de pedaleiras Rally, mais largas e anti-lama, protetor de tanque de combustível em fibra de carbono (de plástico nas demais versões) e bolha totalmente transparente (fumê na Standard e na R).

Os preços da nova 890 Adventure não foram revelados pela KTM. A versão 790 Adventure, “antecessora” da 890 Adventure, deve continuar a ser oferecida pela marca austríaca, pelo menos por um tempo.

No Brasil, a KTM opta por comercializar somente as nakeds 200 Duke, 390 Duke e a linha de enduro da marca austríaca, ou seja, não há previsão para o lançamento dessas motocicletas por aqui.

Conteúdo Recomendado

Comentários