Card image
Notícias
Honda traz VFR 1200F e Transalp ao Brasil

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 25/10/2010
  • Por: admin

<p><span id="internal-source-marker_0.6784512714260176" style="background-color: transparent; font-style: normal; font-family: Arial; color: rgb(0, 0, 0); font-size: 11pt; vertical-align: baseline; font-weight: normal; text-decoration: none;">Apesar de 26ª edição do Salão do Automóvel ter como principais atrações os veículos de quatro rodas, as motocicletas roubaram a atenção no estande da Honda. A marca da asa separou, nesta segunda-feira (25), dia em que o evento foi aberto apenas para a imprensa, um espaço especial para as motos. As principais novidades são: VFR 1200F e XL 700V Transalp, que fazem suas primeiras aparições para o público brasileiro.<br />
<br />
De acordo com a marca da asa, ainda não existe uma data certa para o início da comercialização das duas máquinas em terras canarinhas. No entanto, o Salão do Automóvel está sendo utilizado como um laboratório para conferir a recepção do público aos dois modelos. Em fevereiro de 2007, a MOTOCICLISMO (edição nº 110) já havia revelado as pretensões da Honda de trazer a maxitrail Transalp ao Brasil.<br />
<br />
A Transalp é um modelo de uso misto on/off-road e tem como principal virtude a sua versatilidade. Equipado com um propulsor bicilíndrico em “V” de 680,2 cm², a motocicleta conta com sistema de injeção eletrônica e refrigeração líquida. Desse modo, a Transalp é capaz de gerar 60 cv de potência a 7.750 rpm e 6,12 kgfm a 5.500 rpm. Outro dispositivo importante presente na Transalp é o freio ABS, que traz mais segurança ao motociclista.<br />
<br />
Além desta aventureira, a mais recente novidade mundial da Honda também “deu as caras” em São Paulo. Com uma beleza exuberante, a VFR 1200F é uma “sport-touring” com tecnologia além da média. A moto possui, entre outras coisas, transmissão por cardã, dupla embreagem e câmbio automático. Tudo isso é empurrado por um poderoso motor tetracilíndrico em “V” de 1.273 cm³, refrigerado a líquido e injeção eletrônica. Assim, a moto atinge 172,7 cv de potência a 10.000 rpm e 13,2 kgfm  de torque a 8.750 rpm</span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários