Card image
Notícias
Harley-Davidson terá nova fábrica no Brasil

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/02/2011
  • Por: admin

A Harley-Davidson come&ccedil;a a dar os primeiros passos de sua opera&ccedil;&atilde;o oficial no Brasil. Ap&oacute;s 15 anos com a representa&ccedil;&atilde;o do Grupo Izzo, a marca norte-americana inicia a nomea&ccedil;&atilde;o de novos concession&aacute;rios no Brasil e nesta ter&ccedil;a-feira (15) mostrou seus planos e expectativas em uma coletiva para a imprensa. Entre as grandes novidades, est&aacute; a constru&ccedil;&atilde;o de uma nova planta de montagem prevista para entrar em atividade ainda no segundo semestre de 2011.<br /><br />&ldquo;Este ano a linha de montagem da Harley-Davidson do Brasil ter&aacute; novas instala&ccedil;&otilde;es. A opera&ccedil;&atilde;o de montagem em Manaus, AM, ser&aacute; transferida para novas instala&ccedil;&otilde;es em agosto. O pr&eacute;dio &eacute; maior que a atual unidade, o que facilitar&aacute; a expans&atilde;o&rdquo;, disse Celso Ganeko, diretor industrial da Harley-Davidson. Apesar da novidade, o principal foco das declara&ccedil;&otilde;es foi a de fortalecer o p&oacute;s-vendas da H-D no Brasil.<br /><br />&ldquo;Nossa estrat&eacute;gia principal ser&aacute; o p&oacute;s-vendas, queremos ter uma rela&ccedil;&atilde;o mais pr&oacute;xima e conquistar o consumidor&rdquo;, acrescentou Longino Morawski, diretor-superintendente comercial da Harley-Davidson no Brasil. Para que este objetivo se torne realidade, a empresa abrir&aacute; um centro de treinamento em S&atilde;o Paulo, que tamb&eacute;m ser&aacute; utilizado para treinar t&eacute;cnicos de toda Am&eacute;rica do Sul. Al&eacute;m disso, a H-D tamb&eacute;m ir&aacute; inaugurar um armaz&eacute;m de pe&ccedil;as na regi&atilde;o do Rodoanel, para atender as concession&aacute;rias no pa&iacute;s.<br /><br />De acordo com Morawski, este novo centro de distribui&ccedil;&atilde;o ir&aacute; agilizar a entrega de pe&ccedil;as de quinze para um dia em S&atilde;o Paulo e para tr&ecirc;s dias no restante do pa&iacute;s. Atualmente, a empresa j&aacute; iniciou as suas atividades de assist&ecirc;ncia t&eacute;cnica em duas cidades: S&atilde;o Paulo e Belo Horizonte e disponibilizou o telefone 0 800 724 1188 ou o e-mail [email protected] para quem necessitar de servi&ccedil;os e expans&atilde;o. &ldquo;Os clientes s&atilde;o sempre nossa primeira prioridade e lamentamos qualquer inconveni&ecirc;ncia ocorrida durante esta fase de transi&ccedil;&atilde;o&rdquo;, explicou Mark Van Genderen, vice-presidente da Harley-Davidson Motor Company Am&eacute;rica Latina, quando questionado sobre os problemas enfrentados na transi&ccedil;&atilde;o Grupo Izzo para Harley-Davidson.<br /><br style="font-weight: bold;" /><span style="font-weight: bold;">Brasil &eacute; o foco da vez</span><br />Uma frase que foi dita e repetida pelos executivos da marca durante a coletiva foi a de que o Brasil &eacute; o foco da vez da marca americana. At&eacute; o final do ano, a marca pretende abrir 12 concession&aacute;rias no Brasil, sendo que as primeiras cidades ser&atilde;o: S&atilde;o Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Goi&aacute;s, Bras&iacute;lia e Campinas. Contudo, uma futura expans&atilde;o prev&ecirc; concession&aacute;rias em Manaus, Fortaleza e outras cidades.<br /><br />Assim, o Brasil faz parte de um plano de expans&atilde;o da H-D que pretende ter, em 2014, 40% de suas vendas fora dos Estados Unidos, com a abertura de 100 a 150 concession&aacute;rias em todo mundo at&eacute; 2014.

Conteúdo Recomendado

Comentários