Card image
Notícias
Harley-Davidson se pronuncia sobre decisão da justiça

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 23/06/2010
  • Por: admin

Ap&oacute;s a senten&ccedil;a do Tribunal de Justi&ccedil;a do Estado de S&atilde;o Paulo, condenando o Grupo Izzo no caso da disputa com a Harley-Davidson, a marca norte-americana se pronunciou sobre o assunto<span style="font-weight: bold;">.Segue abaixo declara&ccedil;&atilde;o, na &iacute;ntegra, divulgada pela assessoria de imprensa da Harley-Davidson:</span><br /><br />&nbsp;&ldquo;No dia 18 de junho, a 26&ordf; Vara C&iacute;vel de S&atilde;o Paulo proferiu senten&ccedil;a determinando que o relacionamento entre Harley-Davidson e HDSP/ Grupo Izzo se encerrar&aacute; em 120 dias. Tal senten&ccedil;a tamb&eacute;m permite &agrave; Harley-Davidson que selecione imediatamente novos concession&aacute;rios, al&eacute;m de condenar a HDSP ao pagamento de indeniza&ccedil;&atilde;o de cerca de R$ 3 milh&otilde;es. &ldquo;Esta senten&ccedil;a &eacute; uma vit&oacute;ria para a Harley-Davidson, mas &eacute; ainda mais importante para os consumidores brasileiros, que clara e fortemente vinham expressando sua insatisfa&ccedil;&atilde;o com o servi&ccedil;o prestado pela HDSP/ Grupo Izzo&rdquo;, disse o advogado Celso Xavier, s&oacute;cio de Demarest &amp; Almeida Advogados, e porta-voz da Harley-Davidson no Brasil.<br /><br />A Harley-Davidson entrou com um processo judicial quando soube que a HDSP/ Grupo Izzo estava violando os contratos mantidos entre as partes, tirando seu foco dos clientes Harley-Davidson e a experi&ecirc;ncia que deveriam ter com a marca, gerando altos n&iacute;veis de insatisfa&ccedil;&atilde;o. A HDSP/ Grupo Izzo foi avisada que estava quebrando o contrato, mas nenhuma provid&ecirc;ncia foi tomada.<br /><br />&ldquo;A satisfa&ccedil;&atilde;o dos clientes &eacute; a prioridade n&uacute;mero um da Harley-Davidson. A reputa&ccedil;&atilde;o da marca &eacute; uma das maiores do mundo e depende de oferecermos a melhor experi&ecirc;ncia Harley-Davidson para nossos clientes em tudo que n&oacute;s e nossos revendedores fazemos&rdquo;, diz Longino Morawski, novo diretor de opera&ccedil;&otilde;es comerciais da Harley-Davidson Brasil. &ldquo;De modo crescente, isso n&atilde;o estava acontecendo no Brasil e foi preciso agir de forma a resolver a quest&atilde;o. Agora, a justi&ccedil;a concedeu &agrave; Harley-Davidson o direito de reconduzir os rumos do neg&oacute;cio no Brasil. <br /><br />&nbsp;&ldquo;Os clientes precisam saber que nossa maior prioridade &eacute; sua confian&ccedil;a e satisfa&ccedil;&atilde;o para com a marca Harley-Davidson&rdquo;, disse Morawski. &ldquo;Esta a&ccedil;&atilde;o legal demonstra nosso profundo desejo de proteger nossa marca e cuidar de nossos clientes. Estou muito satisfeito e orgulhoso que a justi&ccedil;a brasileira tenha analisado os fatos do nosso caso de forma justa e &aacute;gil, decidindo por proteger os clientes&rdquo;, finalizou.<br /><br />Agora que a justi&ccedil;a proferiu a senten&ccedil;a, a Harley-Davidson pode, imediatamente, iniciar o processo de recrutamento, sele&ccedil;&atilde;o e treinamento de uma nova rede de concession&aacute;rios, garantindo aos clientes uma experi&ecirc;ncia Harley-Davidson completa. Os detalhes sobre como se candidatar &agrave; posi&ccedil;&atilde;o de concession&aacute;rio ser&atilde;o divulgados em breve para os interessados.<br /><br />Al&eacute;m disso, planos para um centro de treinamento Harley-Davidson est&atilde;o em andamento. Este local ser&aacute; focado em servi&ccedil;o ao cliente e suporte de p&oacute;s-venda, e ficar&aacute; situado em S&atilde;o Paulo, como parte de um escrit&oacute;rio comercial novo e maior do que o atual. A Harley-Davidson est&aacute; atualmente contratando novas pessoas para se unirem ao time j&aacute; existente em S&atilde;o Paulo. A companhia tamb&eacute;m est&aacute; em processo de estabelecer um website brasileiro (at&eacute; ent&atilde;o o site era gerenciado pela HDSP/ Grupo Izzo) e vai criar um n&uacute;mero 0800 para permitir uma comunica&ccedil;&atilde;o mais direta com os clientes brasileiros.<br />&nbsp;<br />A Harley-Davidson conta com uma montadora pr&oacute;pria em Manaus h&aacute; mais de 11 anos para servir o mercado brasileiro. &ldquo;&Eacute; um novo momento para a Harley-Davidson no Brasil&rdquo;, afirma Morawski. &ldquo;Continuaremos a investir neste mercado para garantir um futuro s&oacute;lido e um relacionamento ainda mais forte com nossos clientes.&rdquo;

Conteúdo Recomendado

Comentários