Card image
Notícias
Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 18/10/2021
  • Atualizado: 19/10/2021 às 11:23
  • Por: Willian Teixeira

Poucos dias após anunciar a intenção de eletrificar sua frota em países desenvolvidos até 2035, a Kawasaki revelou suas primeiras motocicletas para a nova fase. Fase que inclusive prevê um novo nome para a marca, que passa a se chamar Kawasaki Motors, deixando de ser apenas uma divisão da empresa de Akashi chamada Kawasaki Heavy Industries Motorcycle & Engine.

Mostrados durante uma convenção no Japão, os modelos são movidos por motores que estão de encontro com os planos futuros da marca de Akashi: uma é 100% elétrica, enquanto a outra é híbrida, ou seja, é movida pela combinação de dois motores, sendo um elétrico e outro à combustão.

Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos

Os planos da Kawasaki

Para os próximos anos, a Kawasaki pretende lançar até 60 motos, com apresentações divididas entre 2022 e 2026. Entre elas, são esperadas pelo menos dez motos elétricas para todos os nichos onde a marca atua, desde as pistas até modelos off-road.

  • Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos
  • Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos

Veja também:
A evolução Voltz continua com o EV1 Sport
Startplast lança o Smart Trip, a conexão direta do piloto com o celular
Pocket Rocket, uma elétrica alemã apimentada

É possível que a Kawasaki faça com as novas plataformas o mesmo que costuma fazer com as motos à combustão, ou seja, desenvolva uma plataforma que possibilita seu uso em modelos diferentes, como por exemplo Ninja 650, Z 650, Versys 650 e Z650RS. Inclusive não foram fornecidos detalhes sobre os protótipos no evento, mas é possível ver que seu visual remete ao da família Ninja.

A Kawasaki também segue trabalhando no desenvolvimento de motores movidos a hidrogênio, estes sem previsão para um lançamento oficial no momento.

Novas motos à combustão

Além das motos elétricas, a Kawasaki também pretende continuar projetando modelos mais exclusivos e sofisticados, seja por sua própria marca ou pela Bimota, lendária fabricante italiana que tem 49,9% das ações nas mãos dos japoneses desde 2019.

Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Outro fato que marca a nova fase da Kawasaki é a adoção oficial do logotipo River Mark, utilizado nos modelos H2 Supercharged desde 2015. A peça remonta ao período em que a marca atuou no segmento naval, e será utilizada em todos os seus produtos futuros.

  • Focada na eletrificação, Kawasaki mostra novos protótipos

O que você acha da nova fase da Kawasaki? E a respeito do uso de motores que não sejam à combustão no mercado de motocicletas? Deixe sua opinião nos comentários!

Conteúdo Recomendado

Comentários