Card image
Notícias
Entenda a importância dos acessórios de segurança

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/07/2019
  • Atualizado: 29/07/2019 às 7:02
  • Por: Willian Teixeira

No último sábado, 27 de julho, foi celebrado o Dia do Motociclista. A data homenageia a todos os entusiastas das motocicletas, que a utilizam para lazer ou profissionalmente. Em todo o Brasil, mais de 31 milhões de pessoas são habilitadas para conduzir motocicletas.

E para andar de moto com segurança, sabemos que é necessário o uso de diversos equipamentos. Além do capacete, luvas, jaquetas, protetores de pescoço e outros itens podem fazer a diferença para salvar sua vida em caso de acidentes de moto.

Veja também:
Opinião: Uns nascem motociclistas, outros tornam-se
Coluna do Baubeta: A motocicleta e suas prioridades
Conheça o perfil dos motociclistas do Brasil

“Além de celebrar a paixão pela pilotagem, o Dia do Motociclista também deve servir para conscientizar a todos sobre a prevenção a acidentes de trânsito”, diz Wellington Santos, especialista da distribuidora Laquila. Ele lembra que não existem campanhas voltadas para o uso de outros acessórios, apenas do capacete. “No entanto, isso não impede que os motociclistas estejam devidamente equipados para ter mais segurança”, completa.

Confira algumas dicas do especialista para o uso correto dos equipamentos de segurança:

Capacete

Trata-se de um item fundamental para a segurança do motociclista, sendo o único acessório exigido por lei. De acordo com a resolução 453 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), é obrigatório que condutor e passageiro de motocicletas utilizem capacete para circular nas vias públicas. Ele deve estar devidamente afixado à cabeça pelo conjunto formado pela cinta jugular e engate, por debaixo do maxilar inferior. Por isso, escolher o modelo mais adequado é importante. Um fato que muitos motociclistas ignoram é o de que mesmo que o capacete tenha qualidade, se ele for utilizado de forma incorreta – como por exemplo, circular com a viseira levantada – ele pode provocar danos.

Lesões na cabeça são a maior causa de mortes em acidente de trânsito envolvendo motocicletas, por isso usar o capacete de maneira correta é imprescindível. O Inmetro exige que seja colocado na etiqueta interna do capacete, onde aparece data do lote de fabricação e tamanho, os dizeres: Este capacete foi fabricado para absorver parte da energia de um impacto pela destruição parcial ou total de seus componentes. Este capacete deve ser substituído após qualquer choque grave, mesmo que não haja danos visíveis. Este produto é um bem durável. Por isso, fique atento!

Protetor de pescoço

Ele cuida da parte mais frágil do corpo humano. Os protetores são encarregados de preservar a região, mas são pouco usados pela falta de costume. Protetores de pescoço não são indicados somente para esportes, mas também para todos os momentos sobre uma motocicleta.

Luvas

As mãos são as primeiras a tocar o chão em caso de queda. Portanto, são indispensáveis para a segurança dos condutores de motocicletas. Existem modelos adequados para cada tipo de usuários, inclusive com touch finger, recurso que não torna necessária a retirada das luvas para digitar celulares. Vale lembrar que o uso de smartphones só deve ser feito com a moto parada e estacionada.

Calçados de segurança

Protegem os pés e os calcanhares em caso de queda. Atualmente existem botas adequadas para qualquer tipo de usuário de motocicletas, inclusive modelos de bota tênis que contam com proteção e são preparadas para pilotagem.

Jaquetas de proteção

Item indispensável para quem pilota motocicletas. Existem diversos modelos, todas com proteção para coluna, cotovelos e ombros, partes que necessitam de cuidado em casos de colisões ou quedas. Também há modelos que contam com air bag, que infla em casos de quedas, impermeáveis e jaquetas com malhas de kevlar, mesmo material usado em coletes a prova de bala. Se arrastado no asfalto, ele garante maior proteção ao motociclista, já que o material tem alta resistência.

Protetores de coluna

Feitos de vários tipos de materiais, como ABS, EVA e poliéster. O item é muito importante para quem anda em alta velocidade, podendo ser usados sem macacão.

Calças de proteção

Ajudam a complementar os itens que dão mais segurança para quem pilota, pois contam com proteções nos joelhos, nas coxas. Alguns modelos são feitos de elastano, o que ajuda a melhorar os movimentos. Elas também podem ser impermeáveis ou em malhas especiais, tudo visando evitar maiores consequências em casos de quedas ou colisões.

Joelheiras e cotoveleiras

Existem modelos mais simples, semi articulados e totalmente articulados, sendo que as últimas são as mais caras, usadas principalmente para prática de esportes off-road. Assim como as joelheiras, as cotoveleiras são muito importantes e também já estão se tornando parte essencial dos equipamentos para muitos que trabalham sobre uma motocicleta.