Card image
Notícias
EICMA 2021: Suzuki Katana ganha motor Euro5 e novas cores

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/11/2021
  • Por: Willian Teixeira

A Suzuki também reservou algumas novidades para o Salão de Milão: começando pela Katana, a naked que tem inspiração no lendário modelo de sucesso dos anos 1980. Ela agora está com um motor adequado as normas de emissões Euro5 e tem novos controles eletrônicos incorporados.

A usina segue a mesma, de quatro cilindros em linha e 999 cm³ com refrigeração a líquido. Entre as modificações que o motor recebeu para ser enquadrado no Euro5 estão uma nova caixa de ar, sistema de escape revisado e comandos de válvulas renovados que visam dar mais torque em médias rotações.

Com as mudanças, o propulsor da Suzuki Katana ficou mais potente, entregando 152 cv em 10.000 rpm, mas a entrega de torque foi reduzida de 11 kgf.m em 9.500 rpm para 10,8 kgf.m em 9.250 giros.

Na parte eletrônica, a Katana agora conta com acelerador eletrônico ride-by-wire, seletor de modo de direção Suzuki, que oferece três mapas de motor e monitora o controle de tração, que também possui três níveis, e quickshifter de série.

Leia mais:
Honda exibe conceito da nova Hornet no Salão de Milão
MV Agusta 5.5 e 9.5, os frutos do Lucky Explorer Project
Yamaha exibe novo protótipo da Ténéré 700 no EICMA

Seu chassi não foi alterado, ou seja, ela segue com estrutura de alumínio de dupla trave combinada a um braço oscilante do mesmo material. Na dianteira vem um garfo invertido KYB totalmente ajustável e com 43 mm de curso, enquanto na traseira o sistema é monoamortecido, tem curso de 63 mm e traz apenas ajuste de pré-carga.

Os freios contam com componentes Brembo e usam dois discos de 310 mm na frente com pinças radiais de quatro pistões, enquanto na traseira há um disco de 310 mm. Suas rodas raiadas são de 17 polegadas e usam pneus Dunlop Roadsport 2 nas medidas 120/70 na frente e 190/50 atrás.

A linha 2022 da Suzuki Katana está disponível nas cores azul e cinza, sendo que a primeira vem com rodas em dourado, enquanto na segunda elas estão pintadas de vermelho.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Nakeds inspiradas nas equipes de fábrica

A Suzuki, que foi campeã da MotoGP em 2020 e é a atual bicampeã do Mundial de Endurance, usou as nakeds GSX-S950 e GSX-S1000 para prestar um tributo prestou um tributo a seus times oficiais de fábrica com as versões especiais GP Edition e SERT Edition.

Nelas, as mudanças são apenas estéticas, com a adoção dos grafismos dos times de fábrica da Suzuki e assento único, evocando a proposta de uma naked para uso em pista.

Gostaram das novidades da Suzuki? Queria ver alguma delas por aqui? Conta pra gente nos comentários!

Conteúdo Recomendado

Comentários