Card image
Notícias
Editorial: Política nojenta

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 02/03/2015
  • Por: admin

<p>Infelizmente, em nosso país interesses políticos e financeiros sempre se sobrepõem às questões técnicas, e não é diferente quando o assunto é combustíveis. Como seguramente você já ouviu falar, o governo federal decidiu que a gasolina comum passará a conter 27% de etanol (gasolina E27) enquanto a premium permanecerá E25. Assim, na base da canetada, ignorando que a gasolina E25 já está além do previsto nos projetos originais, uma vez que o combustível utilizado para homologação de veículos e medições de consumo e emissões no Brasil é a gasolina E22.</p>

<p>Ainda mais surpreendente — e inaceitável — é que a Abraciclo, associação que tem a missão de defender os interesses do setor de duas rodas (e isso inclui, além das fabricantes associadas, os interesses de nós, motociclistas), concorde com a decisão de implementar o E27 antes mesmo da conclusão dos testes de durabilidade com essa nova mistura. Para se ter uma ideia da gravidade do assunto, questionamos Honda, Yamaha, BMW, Ducati, Dafra, Harley-Davidson, Triumph e Kawasaki para saber se as suas respectivas motocicletas foram projetadas para trabalhar com um combustível com essa nova especificação, e a maioria delas reconheceu que trata-se de um assunto extremamente delicado e que os departamentos de engenharia ainda estão analisando os efeitos da nova gasolina. Caro leitor, estamos falando da real possibilidade de danos ainda desconhecidos nos motores, e, no mínimo, da “imposição” aos proprietários de motos que não sejam flex de usar gasolina premium (Podium) um combustível até então desnecessário para o pleno funcionamento do motor e que, ainda por cima, é difícil de encontrar e muito mais caro… Só porque esta gasolina contém menos etanol.</p>

<p>Prevista para entrar em vigor no dia 16/2, até o fechamento desta edição a Medida Provisória que autoriza a gasolina E27 ainda não havia sido assinada pela presidente Dilma, o que deveria acontecer até o fim de fevereiro. Seguimos na contramão do mundo. Dane-se você, o seu bolso e o seu veículo, vamos defender os interesses dos usineiros da cana-de-açucar. Política nojenta.</p>

<p><img alt="Capa da edição de março (nº 207) da MOTOCICLISMO" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/capaeditorialsite_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários