Card image
Notícias
Editorial: Autoridades Legislando na Contramão

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/04/2010
  • Por: admin

<p>Pode parecer um absurdo, mas a cidade de São Paulo está criando leis para proibir as motocicletas de trafegar em certas avenidas, como a 23 de Maio e a Marginal Tietê. A avenida 23 de Maio é o principal corredor que liga as zonas sul e norte em direção ao centro da capital. Incrível, mas, na Europa, por exemplo, as autoridades incentivam o uso de motocicletas nos centros urbanos e, pasmem, proíbem os automóveis!<br />
<br />
Aqui, mais uma vez, estamos na contramão dos países desenvolvidos, pois, ao invés de incentivarem um veículo mais econômico e inteligente como a moto, estão querendo cercear o seu uso. Para se ter uma ideia, na Espanha, na França e em Portugal, os governantes criaram uma lei de equivalência B-A1. Ou seja, o condutor habilitado para dirigir um carro pode pilotar uma motocicleta de até 125 cm3.<br />
<br />
Com isso, muitas pessoas, que andavam sozinhas em seus autos, passaram a se deslocar com um scooter. Em Londres, limitaram a entrada dos carros no centro, porque, obviamente, ocupa-se mais espaço e gera mais trânsito. Em vez de investirem em mais corredores de motos, é mais fácil nos proibirem de andar? Poderiam fazer um corredor "sensato" na própria av. 23 de Maio, conforme foto abaixo. Nessa mesma cidade inglesa, o prefeito liberou as faixas exclusivas de ônibus para as motos e, além de agilizar o tráfego, diminuiram as ocorrências nas mesmas vias. Em São Paulo, justificam a proibição em função do número de acidentes.<br />
<br />
Em 2009, foram 428 vítimas fatais entre os motociclistas contra 478 no ano anterior, caiu 10% em relação a 2008, embora 67 mil novas motos tenham ingressado na frota da capital.  Se for assim, deveríamos proibir as pessoas de caminhar pelas ruas? Pois morrem muito mais pedestres por ano! Senhores, vamos pensar melhor e estamos à disposição para esta discussão.<br />
<br />
<strong>Solução</strong><br />
Observando, vemos como já existe um espaço para as motos na avenida 23 de Maio, ou seja, basta deslocar a faixa para o lado do canteiro central. Será que é tão difícil? E por que querem proibir as motocicletas apenas em um trecho da avenida? Querem nos obrigar a mudar de rota para o novo corredor da rua Vergueiro. O pior que eu ouvi foi sobre a limitação de tráfego de motos na Marginal Tietê. Alegaram que, com a reforma, teremos 11 faixas de rolamento e se o motociclista quiser sair da mesma para alguma rua terá de cruzar todas as pistas e isso é muito perigoso. Ora, só será perigoso para as motos? E os carros, que são maiores e têm menos mobilidade no trânsito? Por favor, sr. Secretário, invente outra desculpa, essa não convenceu!</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários