Card image
Notícias
Ducati testa protótipo da Multistrada V4

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/07/2020
  • Atualizado: 06/07/2020 às 8:34
  • Por: Ismael Baubeta

A Ducati continua firme no desenvolvimento da Multistrada V4. Seguindo a sequência de levar a conjunto motriz de suas esportivas a outras motos do seu lineup, os italianos estão tentando rentabilizar o investimento e barulho que o sedutor motor V4, causou com a Panigale V4 e a Streetfighter V4.

Não é a primeira vez que o protótipo da Multistrada V4 foi visto, no início deste ano, em março, nas primeiras fotos publicadas pelo site RideApart com a moto camuflada viu-se que a moto mantém a assinatura que a notabilizou com para-lama baixo e o “nariz” sob os faróis afilados e o porte avantajado.

Veja também:
Akrapovic revela potência da nova Kawasaki Ninja ZX-25R
Yamaha patenteia no Brasil novas MT-03 e Fazer 250
Yamaha trabalha em novo modelo com motor turbo

Na Multistrada V4 o chassi é de treliça, tradicional nas motos da Ducati, com o subquadro aparente sob o banco, mas sua balança não é monobraço como na Multistrada 1260 e a suspensão traseira igualmente é monoamortecida.

Visualmente as demais configurações que podem ser notadas na Multistrada V4 são: suspensão dianteira invertida, rodas de liga com aro de 19 polegadas na dianteira e 17 atrás. Outra diferença está nas abas laterais da moto, que vem com saídas de ar bem maiores do que na 1260, para que o V4 possa se refrescar com mais facilidade.

Pois é, os italianos estão firmes nesse propósito e, apesar da insanidade que o projeto pode transmitir por conta do poderoso motor de 1.103 cm³, assim como na Streetfighter, na qual os quatro cilindros foram “amansados” para 208 cv, o mais provável é que na Multistrada V4 a potência seja um pouco menor, ao redor de 180 ou 190 cv.

A Ducati deve utilizar novos acertos eletrônicos e na injeção para deixar o motor V4 um pouco mais tímido e conter a volúpia que tem na Panigale e Streetfighter, mas com certeza não vai deixá-lo sem graça.

Resta saber se a Ducati vai colocar a Multistrada V4 no topo da família, delegando o papel de intermediária para a 1260 ou se vai substituí-la. Você acha que há espaço para mais uma moto na família Multistrada?