Card image
Notícias
Ducati Scrambler ganha nova versão e conceitos no EICMA

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/11/2019
  • Por: Willian Teixeira

A Ducati levou ao Salão de Milão (EICMA) 2019, evento que chegou ao fim no último domingo, dia 10 de novembro, três destaques da linha Scrambler: os conceitos DesertX e Motard, e a versão Icon Dark, que teve sua apresentação realizada no final de outubro no World Première.

De baixo para cima: conceito Motard, conceito DesertX e Scrambler Icon Black (Divulgação)

Para criar o conceito DesertX, a Ducati foi buscar inspiração nos modelos que disputaram ralis nos anos 1990, como o Paris-Dakar, combinando estilo retrô com um design limpo. O motor de 1.079 cm³ que tem potência máxima de 85 cm impulsiona a moto, que vem com roda aro 21 na dianteira e 18 na traseira. A marca não divulgou informações sobre uma possível versão produzida em série.

Veja também:
Motos naked brilham no Salão de Milão
Moto de Ouro 2019: Conheça as concorrentes e vote!
Kawasaki compra Bimota e lança Tesi H2 no EICMA

Já o conceito Motard é uma evolução estilística do Scrambler 800. Inspirado nas supermotards dos anos 1980, ele é derivado da versão Desert Sled Scrambler, com o qual compartilha chassi e motor, o L-twin com distribuição Desmodromic de 2 válvulas por cilindro arrefecido a ar, capaz de fornecer 75 cv. Pneus slick Pirelli Diablo Superbike 120/70 na dianteira e 180/15 na traseira calçam as rodas do conceito, que traz o farol icônico da Scrambler na dianteira. Segundo a Ducati, a moto é apenas para exposição, mas os italianos não descartam uma versão para as ruas.

E para finalizar as novidades da fabricante de Borgo Panigale, a versão Icon Dark é a nova porta de entrada para a linha Ducati Scrambler. Ela junta-se às versões Ducati Scrambler Icon, Full Throttle, Desert Sled e Café Racer. Impulsionada pelo motor bicilíndrico de 803 cm³ arrefecido a ar que é capaz de gerar 73 cv, ela traz tanque e para-choque na cor preto fosco. O modelo é voltado à personalização, e chega ao mercado por 8.390 euros na Itália.

Streetfighter V4 é eleita moto mais bonita do EICMA 2019

Uma votação realizado pela MOTOCICLISMO ITÁLIA em parceria com o EICMA elegeu a Ducati Streetfighter V4 como a moto mais bonita do Salão de Milão 2019, com 36,7% dos votos.  O concurso contou com a participação de mais de 14 mil pessoas que passaram pelo evento e por internautas. É a décima vez que uma moto da marca italiana vence o concurso.

Desde o primeiro dia, o público lotou o estande da Ducati. A primeira entre as três motos totalmente novas a serem apresentadas é a Streetfighter V4, a super naked com guidão alto e largo, 178 kg de peso, motor Desmosedici Stradale 1.103 cm³ com 208 cv e um pacote eletrônico de última geração.

O prêmio para a Ducati foi recebido por Andrea Ferraresi, diretora do Ducati Design Center: “Estamos orgulhosos em receber este prêmio em uma competição em que todos os fabricantes participam com seus modelos emblemáticos e o público em geral do EICMA, uma das mais importantes feiras de motocicletas do mundo, elegeu a Streetfighter V4 como a mais bonita”.

Conteúdo Recomendado

Comentários