Card image
Notícias
Ducati reúne mais de 500 Monsters em comemoração na França

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/04/2018
  • Por: Carlos Bazela

Ducati, Monster, França, Paul Ricard, 25 anos, Monster 797, Monster 1200, motos, naked, aniversário, Motociclismo, Motociclismo Online, Revista MotociclismoA Ducati comemorou os 25 anos da Monster, no circuito francês de Paul Ricard no último dia 24 e mostrou que o modelo é realmente um dos mais bem-sucedidos da marca italiana. Ao todo, 517 Monsters se reuniram no autódromo, o que estabeleceu um novo recorde para o modelo. Em 2008, um clube de proprietários exclusivos do modelo conseguiu reunir na Bélgica 405 Monster de diferentes anos e versões.

Na pista francesa, exemplares da primeira M900, de 1993, se encontraram com as versões mais recentes da máquina de Borgo Panigale, como a 797 – que acaba de aterrissar no Brasil – e a 821, recentemente renovada na Europa. Entre as raridades, algumas unidades da “Senna”, versão da Monster 750 Si.e. da década de 1990, que embora nunca tenha recebido este nome da Ducati, ficou conhecida assim por trazer as mesmas cores da edição especial Senna da superesportiva 916, com rodas cor de abóbora e pintura cinza. Em 2013, a subsidiária da Ducati criou uma versão S Senna da Panigale 1199, que nós aceleramos na pista.

Aqui no Brasil, além da nova 797, lançada no Salão Duas Rodas do ano passado, a Ducati também comercializa a Monster 1200S. Recentemente renovada no País, a moto agora é capaz de chegar aos 150 cv de potência máxima a 9 250 rpm, enquanto o torque máximo é de 12,8 kgf.m e está disponível nos 7 750 rpm. Todo esse desempenho é cortesia do Testastretta 11° DS, o propulsor de 1198,4 cm³ feito na já tradicional arquitetura de dois cilindros posicionados em “L”.

Entre os itens de eletrônica, estão três diferentes modos de pilotagem (esportivo, turismo e urbano) inclui a Unidade de Medição Inercial (IMU), que envia informações aos sistemas ABS e de Controle de Elevação de Roda da Ducati (DWC). Além disso, o acelerador Ride by Wire  oferece à Monster 1200 desempenho extremamente fluido e garante pilotagem empolgante, segundo a marca. O Câmbio assistido eletronicamente Ducati Quick Shift (DQS), que facilita subir e reduzir marchas, está disponível como acessório. No Brasil, a Monster 797 é vendida por R$ 39 900, enquanto a Monster 1200S sai por R$ 59 900.

Conteúdo Recomendado

Comentários