Card image
Notícias
Ducati Panigale V4 SP em exclusiva edição numerada

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/11/2020
  • Atualizado: 23/11/2020 às 9:40
  • Por: Alexandre Nogueira

A nova Ducati Panigale V4 SP 2021 surge como se tivesse saído de uma etapa do Mundial de Superbike e fosse exposta na concessionária para que qualquer cidadão comum com coragem e euros suficientes possa comprá-la.

Uma máquina exclusiva para os poucos sortudos que conseguem pegar uma das poucas unidades, a nova Panigale V4 SP está perfeitamente pronta para voltar ao grid de largada, caso seu proprietário se atreva a jogar uma moto tão exclusiva e cara nas pistas.

Ducati Panigale V4 SP: série limitada numerada (Divulgação)

Veja também:
BMW lança S 1000 R e amplia gama naked na Europa
Triumph expande família Tiger com a nova 850 Sport
Confira o MOTOCICLISMO Scooter Catálogo 2020

Tais são as capacidades racing da nova versão que a Ducati incorpora na saga Panigale V4, a SP, recuperando o famoso significado irônico Sport Production, numa versão com uma configuração única que inclui embreagem seca e rodas em fibra de carbono e será vendida em número limitado com o número de série gravado na mesa superior da direção.

As credenciais são muito claras com a usina de 214 cv de potência máxima e 12,6 kgf.m de torque para um conjunto pesando 173 kg a seco. No entanto, seu desempenho e eficiência não são a única marca registrada da Panigale V4 SP, pois esta superbike italiana é muito especial em muitos outros aspectos, começando por sua decoração exclusiva, com grande destaque da cor preta em contraste com o alumínio exposto do tanque e reflexos vermelhos em diferentes componentes, muitos deles vindos diretamente da Superleggera V4.

Ducati Panigale V4 SP: 214 cv para 173 kg de peso (Divulgação)

Embreagem seca e rodas de carbono

Um dos elementos mais marcantes é a embreagem seca, um dispositivo quase exclusivo de alta performance e que já foi usado há alguns anos por algumas Ducati de série. Este mecanismo proporciona maior eficiência na pista, graças ao seu resfriamento otimizado e à redução de peso envolvido, com menos óleo e tampa mais leve do motor. A transmissão secundária utiliza uma corrente de passo 520, mais estreita e mais leve que a montada na Panigale V4 S.

As rodas de fibra de carbono são 1,4 quilos mais leves que as de alumínio forjado, uma redução muito significativa que resulta em maior agilidade e rapidez nas mudanças de direção.

As pinças de freio dianteiro Brembo Stylema R são de última geração e garantem excelente potência de frenagem e consistência ideal diante do uso intenso em pistas de corrida. As pinças executam as ordens de uma bomba radial Brembo MCS, com ajuste de tensão rápida de acordo com o gosto do piloto e as necessidades de cada situação.

Nos mínimos detalhes

A Ducati Panigale V4 SP mostra infinitos detalhes tratados com o máximo esmero, como por exemplo, os manetes Rizoma em alumínio anodizado, e que permitem ser ajustados tanto em altura quanto em inclinação. Também encanta os olhos o acabamento escultural da mesa superior de direção em alumínio usinado, e o uso profuso de fibra de carbono na carenagem dianteira e spoilers.

Esta Ducati vem equipada com um kit de corrida para uso de pista que facilita a desmontagem dos espelhos em cujo orifício são instaladas tampas em alumínio usinado, o porta-placas, a tampa de embreagem aberta e o Ducati Data Analyzer+ com módulo GPS. A nova Ducati Panigale V4 SP estará disponível a partir de março de 2021, e o preço ainda não foi confirmado.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter