Notícias
  • 26/07/2021
Ducati Panigale V2 Bayliss presta homenagem ao maior campeão da casa

4 Minutos de leitura

  • Publicado:
  • Por: Alexandre Nogueira

A Ducati apresenta uma edição especial numerada da Panigale V2 em homenagem ao 20º aniversário do primeiro Campeonato Mundial de Superbike de Troy Bayliss.

A Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary é uma edição limitada que traz um grafismo inspirado na superbike Ducati 996R, vencedora do primeiro título de Bayliss em 2001, e ela vem equipada com suspensões da grife Öhlins,  um garfo dianteiro NX30, um amortecedor traseiro TTX36 e um amortecedor de direção. A edição limitada V2 é configurada com um assento único e vem de série com uma bateria de íons de lítio para aliviar o peso, deixando-a 3 quilos mais leve que a versão padrão, ficando com 174,5 kg. O teste da Ducati Panigale V2 você pode conferir aqui no site da Motociclismo.

Veja também:
Harley-Davidson Road King Special é um clássico com pegada esportiva
KTM RC 8C se esgota em menos de cinco minutos
Suzuki GSX-R1000R 2021 chega na versão cinza fosco

O vínculo entre Bayliss e Ducati Corse no Campeonato Mundial de Superbike é uma das histórias mais fascinantes da motovelocidade. Os resultados desta bela parceria são 52 vitórias, 94 pódios e os títulos mundiais de 2001, 2006 e 2008, conquistados com três motos diferentes: a 996 R, a 999 R e a 1098 R, todas com o motor L-Twin com comando de válvulas desmodrômico.

Troy Bayliss é o único motociclista da história que venceu na MotoGP e no Mundial de Superbike na mesma temporada de 2006. Agora, a química vencedora entre a simbiose Ducati e Bayliss renasce com a criação deste exemplar comemorativo.

Feita a partir da Panigale V2, a versão “Bayliss 1st Championship 20th Anniversary” é caracterizada pelo vermelho Ducati com grafismos verde e branco em homenagem ao espírito italiano do fabricante de motocicletas baseado em Bolonha, enquanto o icônico número 21 de Troy Bayliss e o logotipo da Shell reforçam visualmente o vínculo com a moto vencedora das pistas. O autógrafo de Troy Bayliss é reproduzido no tanque de combustível, enquanto a mesa superior de alumínio do garfo mostra o nome da moto e a numeração exclusiva desta série limitada.

Para tornar a motocicleta ainda mais eficaz nas pistas, a Ducati Panigale V2 Bayliss  vem equipada com componentes Öhlins que são projetados para alcançar o melhor desempenho nas pistas, com uma configuração que oferece ao piloto maior precisão e sensação de domínio da máquina.

O amortecedor de direção permite personalizar sua calibração para se adequar perfeitamente ao estilo de pilotagem e às características da pista. A motocicleta também é equipada com bombas de freio autolimpante e embreagem com tanque de óleo dedicado.

A Panigale V2 representa o modelo de entrada para a família Panigale, equipada com o motor de dois ciliondros em “L” Superquadro de 955 cm³ e já compatível com o Euro 5, com potência máxima de 155 cv a 10.750 rpm e torque máximo de 10,6 kgf.m a 9.000 rpm. O chassi é do tipo monocoque, e o design esportivo e elegante é inspirado na Panigale V4.

O pacote eletrônico é focado na segurança ativa e controle da dinâmica do veículo, inclui sistema ABS Bosch de curvas, quick shift bidirecional, controle de tração, controle de freio do motor e controle antiwheelie, com todos os controles integrados aos modos de pilotagem Race, Sport ou Street, que podem ser configurados utilizando o painel TFT colorido de 4,3″ com gráficos e interface projetados para tornar intuitivo o ajuste de navegação e configurações do menu. Os preços nos Estados Unidos estão fixados em $21.000, algo em torno de R$ 109.350 numa conversão direta.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Uma celebração em homenagem ao vigésimo aniversário de Troy Bayliss ganhando seu primeiro título com a Ducati acontece até 19 de setembro de 2021 no Museo Ducati em Borgo Panigale, com a exposição temporária intitulada “Troy Story: A Lenda de um Campeão”, com todas as motos com as quais Troy foi capaz de escrever os capítulos memoráveis na história do motociclismo.

Conteúdo Recomendado

Comentários