Card image
Notícias
Ducati negocia para ter fábrica no Brasil

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 24/06/2010
  • Por: admin

Ap&oacute;s Kawasaki e BMW iniciarem suas linhas de produ&ccedil;&atilde;o em Manaus, no Amazonas, outra fabricante de peso mundial acena para uma poss&iacute;vel vinda ao Brasil. Respons&aacute;vel por famosas motocicletas como a nov&iacute;ssima maxitrail Multistrada e a naked Monster, sem falar nas superesportivas, a Ducati pode ser a pr&oacute;xima empresa a fabricar motos no P&oacute;lo Industrial de Manaus (PIM).<br /><br />De acordo com a SUFRAMA (Superintend&ecirc;ncia da Zona Franca de Manaus), uma comitiva italiana formada por representantes governamentais e empres&aacute;rios do setor duas rodas est&aacute; no momento na capital manauara para discutir investimentos na regi&atilde;o. &ldquo;H&aacute; uma sensa&ccedil;&atilde;o de que devemos recuperar o tempo perdido, pois j&aacute; dever&iacute;amos ter nos instalado aqui h&aacute; mais tempo. Tivemos somente agora a chance de conhecer o modelo ZFM como um ambiente amplo para investimentos e esperamos fazer grandes neg&oacute;cios no cora&ccedil;&atilde;o da Amaz&ocirc;nia&rdquo;, afirmou Masimo Casini, representante da Associa&ccedil;&atilde;o Italiana de Ciclo, Motociclo e Acess&oacute;rios (ANCMA).<br /><br />Ainda segundo Casini, entre as empresas que estariam interessadas se instalar em Manaus est&aacute; a Ducati. &ldquo;Estamos em fase avan&ccedil;ada de negocia&ccedil;&otilde;es para que a Ducati possa se instalar em Manaus e, junto com ela, dever&atilde;o vir outras f&aacute;bricas de componentes&rdquo;, explicou Casini. A expectativa &eacute; de que a f&aacute;brica seja instalada em Manaus ainda no 2&ordm; semestre de 2010. <br /><br />&quot;Os projetos de investimento dever&atilde;o come&ccedil;ar a ser apresentados nas pr&oacute;ximas reuni&otilde;es do Conselho de Administra&ccedil;&atilde;o da SUFRAMA. Temos indicativos de que j&aacute; no segundo semestre as primeiras ind&uacute;strias italianas come&ccedil;ar&atilde;o a se implantar. A expectativa &eacute; de que venham a se instalar aqui n&atilde;o apenas fabricantes de bem final, mas tamb&eacute;m de componentes, o que vir&aacute; qualificar e fortalecer a competitividade do P&oacute;lo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus como um todo&rdquo;, afirmou Fl&aacute;via Grosso, superintendente da SUFRAMA.<br />

Conteúdo Recomendado

Comentários