Card image
Notícias
Ducati lidera vendas mundiais de superesportivas

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/01/2019
  • Por: Carlos Bazela

A Ducati  revelou seus números de venda em 2018 e eles trouxeram uma marca histórica para a marca italiana. De acordo com o comunicado oficial da fabricante, foram vendidas 53.004 motos em todo o planeta e a família Panigale foi a mais vendida entre as superesportivas do planeta, abocanhando uma fatia de mercado de 26%.

Na prática, o que a casa bolonhesa quer dizer é que uma a cada quatro superbikes vendidas no mundo todo é uma Panigale. O destaque, claro, fica por conta da Panigale V4, que chegou ao mercado no ano passado após ser apresentada no EICMA, o Salão de Milão de 2017. De acordo com a Ducati, a moto contabilizou 6.100 unidades comercializadas mundialmente.

 

Ducati, vendas, superesportiva, moto, Panigale, família Panigale, superbike, Panigale V4, Panigale V4 R, Ducati lidera vendas mundiais de superesportivas, Claudio Domenicali, MotoGP, EICMA, Salão de Milão, Multistrada 1260, Multistrada 950, Hypermotard 950, Francesco Milicia, motociclismo, mercado, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, MotoGP

Veja também:
Ducati traz nova Multistrada 1260 ao Brasil
Ducati apresenta três motos novas em Milão
Ducati reorganiza família Scrambler na Alemanha

Por falar no desempenho de modelos novatos, a família Multistrada 1260 é outra que foi bem em seu primeiro ano de vendas. A moto, que desembarcou no Brasil no fim do ano passado, registrou 6.569 unidades mundo afora. Entretanto, em números absolutos, as vendas da Ducati caíram em relação a 2017, quando a marca registrou 55.871 motos comercializadas.

Ducati, vendas, superesportiva, moto, Panigale, família Panigale, superbike, Panigale V4, Panigale V4 R, Ducati lidera vendas mundiais de superesportivas, Claudio Domenicali, MotoGP, EICMA, Salão de Milão, Multistrada 1260, Multistrada 950, Hypermotard 950, Francesco Milicia, motociclismo, mercado, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, MotoGP

“Enquanto 2018 foi um ano desafiador para o mercado de motocicletas grandes, com desaceleração de mercados importantes como os Estados Unidos, a Ducati ainda entregou mais de 53 mil motos no mundo todo”, comentou o CEO da marca, Claudio Domenicali. O executivo ainda minimizou a queda nas vendas ressaltando as conquistas da marca italiana nas pistas. “Em 2018, atingimos estabilidade e o ano foi positivo tanto nos negócios quanto nas pistas. Nós ganhamos várias corridas na MotoGP e desenvolvemos uma moto excepcional”, frisou.

Francesco Milicia, diretor global de vendas da Ducati, falou sobre tornar a rede de varejo da marca mais eficiente e aposta nos novos modelos, como a Diavel 1260, a Panigale V4 R, as Multistrada 1260 Enduro e 950 S, a Hypermotard 950 e os upgrades na família Scrambler para voltar a crescer. “No total, estamos falando de nove modelos novos, que nos fazem olhar com confiança para o futuro”, comentou o executivo.

Ducati, vendas, superesportiva, moto, Panigale, família Panigale, superbike, Panigale V4, Panigale V4 R, Ducati lidera vendas mundiais de superesportivas, Claudio Domenicali, MotoGP, EICMA, Salão de Milão, Multistrada 1260, Multistrada 950, Hypermotard 950, Francesco Milicia, motociclismo, mercado, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, MotoGP

Conteúdo Recomendado

Comentários