Card image
Notícias
Ducati cresce no país e lança nova garantia estendida

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/01/2020
  • Atualizado: 24/01/2020 às 0:24
  • Por: Willian Teixeira

A Ducati do Brasil apresentou seus resultados do ano passado e planos para continuar a expansão da marca durante o ano de 2020 em um encontro com jornalistas realizado na manhã desta quarta-feira, dia 22 de janeiro, em São Paulo.

Diego Borghi, presidente da Ducati do Brasil, afirma que 2019 foi um bom ano para a marca, que registrou um avanço de 31,8% no total de motos emplacadas. Ano passado, 1.188 unidades foram registradas, contra 998 em 2018. “Nosso crescimento só não foi maior porque tivemos falta de produto. Nossa expectativa é atender esta demanda ao longo deste ano.”, ressalta Borghi. Para 2020, a marca projeta um crescimento de 10%.

Junto de China e Espanha, a unidade brasileira foi uma das centrais de negócio no mundo a registrar crescimento na casa dos dois dígitos. Em todos os mercados em que a marca atua foram comercializadas 53.183 motos em 2019, contra 53.004 unidades comercializadas em 2018.

Diego Borghi, presidente da Ducati Brasil
Diego Borghi apresenta resultados de 2019 da Ducati do Brasil e fala sobre projeções para 2020 (Willian Teixeira)

A Ducati também expandiu sua rede de concessionárias no país em 2019, passando de sete para 11. Belo Horizonte (MG) e Florianópolis (SC) voltaram a contar com lojas da marca, e Vitória (ES) e Campo Grande (MS) ganharam suas primeiras unidades, sendo que a da capital do Mato Grosso do Sul é a primeira unidade da Ducati integrada com uma concessionária Audi. Para 2020, a Ducati planeja voltar a ter concessionária no Rio de Janeiro e abrir lojas em Mato Grosso e Paraná.

Com relação a novas motos, Borghi confirmou a chegada da Scrambler 800 para março, além de dois novos modelos que não tiveram seus nomes revelados, mas são do segmento das big trail.

Ducati Scrambler 800
Ducati Scrambler 800 desembarca no Brasil em março (Divulgação)

Novo programa de garantia estendida da Ducati

A Ducati apresentou o Ever Red, programa de garantia que pode estender por até 36 meses a garantia, além dos 24 meses originais que já são oferecidos pela marca. Ou seja, com o novo serviço, as motos da marca podem ter uma cobertura de até 60 meses. Além das motocicletas novas, o serviço também vale para motos seminovas da Ducati, desde que elas estejam dentro da garantia original de fábrica. Para aderir, ele terá que seguir o plano de manutenção e de revisões periódicas estabelecido pela montadora, de acordo com o manual.

Como o Ever Red oferece a mesma garantia de fábrica, o plano cobre motor, transmissão, sistema de freios, suspensão, injeção eletrônica, painel, circuitos elétricos e sistema de direção. Vale destacar que quem usar a moto em track days pode perder a proteção para alguns itens, assim como na garantia convencional, pois isso pode caracterizar uso indevido. Guincho 24 horas sem limite de quilometragem, serviço de táxi para até 100 km em caso de pane e reparo na rede Ducati estão entre os benefícios oferecidos pelo novo serviço.

A partir da sua contratação, a garantia estendida Ever Red fica vinculada ao chassi da motocicleta, garantindo a assistência para o novo usuário dentro do prazo contratado. O valor varia de acordo com o modelo. Para a Monster 797, por exemplo, o cliente pagará R$ 610,37 se o serviço for contratado em até 90 dias após a compra da moto. Já para a Multistrada 1260 S, a contratação fica em R$ 1.130,15.